A Xiaomi é conhecida por fabricar e comercializar equipamentos com características muito interessantes a valores muito próximos do custo de produção, o que lhe garantiu muitos milhões de fâs por todo o mundo e muitos milhões de unidades vendidas. No entanto este modelo poderá não ser sustentável a longo prazo, pois uma grande parte do marketing do qual dependem as fabricantes são as forças de vendas das lojas a retalho que a troco de comissões sobre cada unidade vendida, aconselham e promovem os equipamentos nas suas lojas. A Xiaomi nunca contou com este apoio pois o preço dos equipamentos é tão baixo que não sobra margem para dar aos retalhistas.

Espera-se que o Redmi Pro seja lançado em duas variantes, e será o smartphone mais caro da linha Redmi até o momento, de acordo com o leaker Kevin King. Ele estima que o dispositivo seja lançado com preço entre CNY 1,299 e CNY 1.399, o que se converte entre US$ 195 e US$ 210, aproximadamente.

Este mês vai ser um mês de grandes novidades por parte dos fabricantes Asiáticos, uma das mais esperadas é o sucessor do Redmi Note 3. Todos esperavamos que se viesse a chamar Redmi Note 4, mas um vídeo divulgado na rede social  Weibo pela própria Xiaomi mostra que o terminal se irá chamar “Redmi Note Pro”. Mais importante que a denominação, ficámos a saber que o Redmi PRO irá ter um ecrã OLED e ainda outras novidades.

Relacionado:
Events é a nova aplicação do Facebook que está a chegar para Android

%name Xiaomi Redmi Pro será o Redmi mais caro de sempre image

Lista de prováveis especificações:

  • Chipset Helio X20 64-bit com 10 núcleos de processamento / Helio P10 64-bit com 8 núcleos de processamento
  • GPU Mali-T880 / Mali-T860
  • 3 GB de memória RAM
  • 64 GB de memória interna
  • Câmara principal de 13 megapixels
  • Câmara frontal de 5 megapixels
  • Bateria de 4.100 mAh

Vão esperar por este Redmi Note Pro, ou têm outro terminal debaixo de olho?

FONTETudo Celular
PARTILHAR
Artigo anteriorNiantic informa que vão existir trocas e chegar novos Pokémons ao Pokémon Go
Próximo artigoAsus lança o ZenFone 2 Laser Plus
Fundador do Androidgeek.pt ,trabalho em TI há dez anos. O desafio de gestão de equipas com foco nas necessidades do mercado deu-me o background certo para abraçar vários projetos online, nos quais aproveito a minha experiência em duas das minhas paixões: Tecnologia e Escrever. Sou um profissional dedicado com vasta experiência em todas as áreas de Gestão de TI e Gestão de serviços na área de Tecnologias de Informação. Sou apaixonado por tecnologia, Android, Publicidade, Marketing Digital e posicionamento estratégico.