Xiaomi MI5 com sensor biométrico traseiro e Force Touch

Neste sábado, 24 de outubro foram veiculadas novas informações sobre aquele que será a jóia da coroa da famosa XIAOMI., Este novo terminal que será chamado de MI5 contará com um leitor de impressões digitais e a tecnologia inovadora Force Touch que já pudemos ver no Huawei Mate S e no novo iPhone. Estas informações surgiram atravé da rede social Weibo.

A possibilidade de haver um sensor biométrico no Xiaomi Mi 5 já foi falada mais de uma vez , e além disso tudo indica que o componente não será da Qualcomm, sendo um componente próprio da Xiaomi.

A novidade é que este sensor serálocalizado na traseira do equipamento á semelhança do que já encontramos em todos os modelos recentes da Huawei e no Nexus 6P da mesma marca.

Outra questão abordada foi o Force Touch. Esta tecnologia permite ao equipamento reconhecer, além do toque e pressão longa, a força com que um utilizador pressiona um determinado elemento do ambiente virtual, gerindo de modo mais intuitivo o que acontece no sistema operativo.

Xiaomi Mi 5 event 19 10 Xiaomi MI5 com sensor biométrico traseiro e Force Touch image

Imagem do convite para o evento realizado no dia 19/10/2015 onde se pensava que seria apresentado o MI5

Citando agora a publicação LeaksFly, perfil que também se encontra na rede social Weibo e oferece algumas das informações mais consistentes sobre as marcas sediadas na Ásia, a Xiaomi está a planear a realização de um evento em novembro deste ano para apresentar o MI5.

Relacionado:
Ainda antes de ser anunciado, o Xiaomi Mi 5S já obteve mais de 1,82 milhões de reservas

Vamos rever as especificações prováveis do terminal:

 

Ecrã de 5,2 polegadas com resolução Full HD (1920 x 1080 pixels), 4 GB de RAM, chipset Qualcomm Snapdragon 820, processador com quatro núcleos feitos em arquitetura própria, além da Adreno 530 como placa gráfica, modelos de 16 GB ou 32 GB de memória para o armazenamento interno, câmara principal de 16 megapixels, câmara frontal de 8 megapixels, suporte  universal USB Type-C e  Android 5.1.1 Lollipop como sistema operativo, modificado pela interface própria da gigante da Ásia, MIUI, provavelmente com atualização garantida para o 6.0 Marshmallow

mi4c 5 Xiaomi MI5 com sensor biométrico traseiro e Force Touch image

Salientamos que o chipset Qualcomm Snapdragon 820 só deverá ser apresentado no ínicio de 2016, e tudo indica que o Xiaomi Mi 5 irá fazer-se acompanhar da última novidade da Qualcomm.

Resta-nos esperar mais um pouco, pois mais novidades e datas concretas serão disponibilizadas em breve.

Fonte