Quase dois anos após a apresentação do Mi Note, a Xiaomi apresentou hoje oficialmente o seu novo phablet de topo, o Mi Note 2. Como já era esperado (através dos inúmeros leaks sobre o aparelho), o Mi Note 2 vem com todas as características de um verdadeiro flagship e irá com certeza colocar a empresa chinesa bem no centro das atenções do mercado de smartphones premium.

Mi Note 2

Design

Do ponto de vista de design, o Mi Note 2 tem semelhanças evidentes com o “mal fadado” Samsung Galaxy Note 7, muito por culpa da dupla curvatura do ecrã nas extremidades, que faz do phablet chinês um dos primeiros aparelhos não-Samsung a adoptar o design edge. 

Mi Note 2 (2).jpg

Este equipamento vem com vidro 3D à frente e atrás, envolvido por uma moldura de metal feita em alumínio de classe 7 aeroespacial, com o objectivo de lhe conferir leveza e ao mesmo tempo robustez. As parecenças com os aparelhos de topo de Samsung estendem-se também ao sensor de impressões digitais que, tal como nos aparelhos da empresa sul coreana, está colocado à frente, logo abaixo do ecrã.

Ecrã

Segundo a Xiaomi, o Mi Note 2 usa um inovador ecrã flexível OLED que se integra com o vidro curvo e se estende até às extremidades do aparelho. O phablet vem assim com um painel OLED de 5.7″ com resolução Quad HD que ocupa 77.2% do corpo do Mi Note 2 e custa seis vezes mais que um ecrã LCD de 5.5″ FHD

Relacionado:
Misterioso Meizu sem margens poderá ser o Meizu Pro 7

Hardware

Este é um capitulo onde a Xiaomi raramente desilude e tal como o Mi 5 e o Mi 5s, o Xioami Mi Note 2 vem equipado com hardware impressionante. O processador escolhido foi o Qualcomm Snapdragon 821 a 2.35GHz juntamente com 4GB ou 6 GB (LPDDR4) de RAM e 64G ou 128 GB (UFS 2.0) de memória interna. Tudo isto é alimentado por uma bateria de 4070 mAh com tecnologia QuickCharge 3.0, que fazem da autonomia um ponto forte neste equipamento. O Mi Note 2 inclui ainda outras funções como um processador áudio AQSTIC HD, pagamentos NFC por impressão digital e GPS assistido por SAP.

Mi Note 2 (4).jpg

A câmara traseira vem com um sensor IMX318 EXMOR RS de 22.56 MP da Sony e inclui estabilização de imagem eletrónica (não ótica), autofoco híbrido e capacidade para gravar video em 4K. À frente a Xiaomi optou por um sensor de 8 MP IMX268 EXMOR RS também da Sony, com abertura f/2.0 e autofoco.

Mi Note 2 (5).jpg

O Mi Note 2 suporta 37 bandas globais de LTE e roda a interface MIUI 8 da Xiaomi.

Preço

Quem conhece a Xiaomi sabe que este é um dos seus pontos fortes – hardware de topo a preços mais acessíveis. Portanto não será grande surpresa que o Mi Note 2 possa ser adquirido por um valor consideravelmente mais baixo que outros topos de gama das marcas mais conhecidas. Heis os preços:

  • 4GB + 64GB: 2799 yuan (~€380)
  • 6GB + 128GB: 3299 yuan (~€448)
  • 6GB + 128GB Global: 3499 yuan (~€475)
Relacionado:
Nougat aparece finalmente na lista de distribuição do sistema Android

O modelo que nos interessará será o de €475, uma vez que se trata da versão internacional com suporte para as 37 bandas LTE.

O Mi Note 2 vai começar a ser comercializado  a 1 de Novembro.