A Xiaomi anunciou à instantes sem grandes surpresas, o seu mais recente phablet, o Mi Max.
O Mi Max é tal e qual aquilo que temos ouvido falar nas últimas semanas e é realmente um phablet 6,44 polegadas que segundo a Xiaomi cabe confortavelmente no bolso. A Xiaomi passou algum tempo da sua apresentação a tentar explicar o porque do utilizador querer um smartphone tão grande, e como Mi Max supera o iPhone 6s Plus em tantos aspectos.

Apesar do seu tamanho, o Mi Max gaba-se de ter apenas 7,5 mm de espessura. O seu design 2.5D supostamente facilita o toque e elegância do dispositivo. Uma nova função de utilização de apenas com uma mão, que foi introduzida no MIUI 8, torna mais fácil a tarefa de de operar com um smartphone desta dimensão. E, apesar de muito fino, o Mi Max dispõe de uma bateria de 4850mAh, que Xiaomi diz durar mais 76% do que a bateria do iPhone 6s Plus. Isso, além da optimização de energia prometida na MIUI 8.

0B5CUt KUpXFUZGtzXzlNc2Izc0U Xiaomi apresenta oficialmente o Mi Max image

Quanto as suas especificações, o Mi Max vem com o Qualcomm Snapdragon 650 ou 652, que a Xiaomi afirma ser mais do que suficiente, acompanhados de 4GB de RAM e uns generoso 128GB de armazenamento interno. Vem com um sensor de 16 megapixeis PDAF na parte traseira e uma câmara frontal de grande angular de 5 megapixeis.

Relacionado:
ZTE Axon 7 Max apresentado oficialmente  com 6″ Full HD, Dual Camera, 4 GB RAM

O Xiaomi Mi Max estará disponível nas cores prata, ouro e cinza escuro. Como é habitual na Xiaomi, o preço é incrivelmente baixo, US$310. No entanto existem outras configurações para o aparelho. Se escolher a versão de 3GB de RAM e 32GB de memoria interna com o Snapdragon 650 o preço baixa para os $230. Já o modelo com 3GB de RAM e 64GB de memoria interna com o Snapdragon 652 custará $260.

0B5CUt KUpXFUUVlQaFNaTlNiWEU Xiaomi apresenta oficialmente o Mi Max image
A configuração mais potente que referimos acima, com 4GB de RAM e 128GB de armazenamento interno, e é alimentado por um Snapdragon 652.