A tecnologia está em tudo o que fazemos e vivemos todos os dias, desde as formas de comunicação que foram “tomadas de assalto” pelas novas tecnologias, passando pela deslocação física de um local para outro de formas mais rápidas cómodas e eficientes, entre muitas outras áreas onde a nossa vida seria bem diferente sem tecnologia.

13288993_10209289896344484_1325448850_n.png

Uma das áreas ainda pouco exploradas do ponto de vista tecnológico é a área do “prazer”, ou seja gadgets e componentes tecnológicos que sirvam um propósito prático de dar prazer físico ao utilizador. Antes que comecem a pensar em brinquedos de auto estimulação, deixem-me esclarecer que estamos a falar de Vaping ou Vaporizadores que para muitos utilizadores já substituíram a forma convencional de fumar.

Antes de desenvolvermos a parte “tecnológica” destes gadgets somos obrigados a frisar que não pretendemos neste artigo afirmar que o consumo de tabaco via MODS/Cigarros electrónicos é mais ou menos prejudicial do que o consumo normal, mas sim que apresentam uma alternativa evoluída tecnologicamente (e mais barata)  para aqueles que tomam a opção de fumar. Se pesquisarem vão encontrar dezenas de estudos que afirmam que é mais saudável e outros tantos que afirmam o contrário.

O que são MODS e Cigarros Electrónicos?

Os cigarros electrónicos ganham vantagem à partida por satisfazerem as expectativas daqueles que  procuram algo pequeno, são algo prático que basta carregar para começar a utilizar de imediato. Mas o mundo da vaporização oferece propostas mais completas e interessantes como é o caso dos MODS que permitem regular a potência consoante o e-liquido utilizado, entre outras personalizações que maximizarão a experiência do utilizador.

Relacionado:
[Geek Alert] Today's Deal da Gearbest com descontos de arromba

13292749_10209289899384560_686456891_n.png

Quantas opções existem?

Conforme mencionámos acima existem várias opções diísponiveis, algumas “Ready to Vap” e outras que exigem alguma preparação.

O cigarro eletrónico standard

Aquele produto mais conhecido e que vemos com mais regularidade em diversos pontos de venda é o cigarro eletrónico standard. São usados por utilizadores não muito exigentes ou principiantes, o sucesso destes modelos mais simples é  explicado pela simplicidade de uso e ainda pelo seu baixo custo.

Um kit completo pode custar apenas 11,99 € na loja vapo.pt

Conteúdo: (1 cigarro eletrónico completo)

• 1 Bateria eGo de 650mAh

• 1 Claromizador CE4 (cartucho para e-líquido)

• 1 Carregador USB

Para começar a utilizar basta ter o dispositivo carregado (via usb ou tomada de parede) e abastecer os e-cigs desenroscando o Claromizador, virá-lo para cima e encher com o e-líquido.

O e-cig MOD eletrónico com tensão eléctrica variável

Tensão variável? Sim, é verdade. Parece que estamos a complicar um tema simples mas já vão perceber melhor. A possibilidade de ajustar consoante o gosto a tensão eléctrica do vosso e-cig MOD permite ao utilizador regular a tensão eléctrica que o equipamento utiliza, desta forma podem adequar a quantidade de vapor/sabor que é gerado consoante o e-liquido que estão a usar no momento.

Estes dispositivos apresentam ainda outras características muito interessantes como em alguns casos ecrãs LCD que permitem ver o estado da bateria e também o número de vezes que o utilizador vaporizou, o nível de tensão eléctrica ou ainda os watts utilizados.

Relacionado:
[Geek Alert] Mobilespart com descontos nas películas de vidro para a família Redmi 4

Alguns destes MODS trazem também  a possibilidade de serem ligados a um computador para que seja consultado o histórico de utilização, se estiverem curiosos podem passar na vapo.pt onde encontrarão estas e outras opções.

13282127_10209289896144479_995015828_n.png

O e-cig MOD mecânico

Por fim vamos falar do e-cig MOD mecânico que é digamos,  o produto mais avançado nesta área e é  a preferência dos chamados “heavy users”. Esta variante é mais potente, não tem circuitos, a bateria liga-se directamente à bobina. A distinção entre este e os outros produtos de que falámos é que podem criar grandes quantidades de vapor, devido a uma válvula de controlo de ar, permitindo que uma maior quantidade de e-líquido seja transformada em vapor.

Todos nós já vimos ou conhecemos alguém que usa gadgets deste tipo,  agora já sabemos qual a tecnologia por trás destes pequenos gadgets e quando virem alguém a consultar o ecrã do seu cigarro electrónico já não vão estranhar.

13281988_10209289898344534_759995324_n.png

O desafio de apresentar esta tecnologia aos nossos leitores surgiu por parte da loja  onde podem encontrar todas as variantes que mencionámos e ainda vários designs e vários ecrãs, com diferenças no tipo de potência, bateria, entre outras.