Depois de rumores, uma campanha muito ambiciosa de crowdfunding e promessas da Canonical, finalmente o Ubuntu phone chegará ao mercado, e ainda em 2014. Parece que o Android ganhará um concorrente de peso.

O anúncio da Canonical informa uma parceria com o nosso parceiro BQ Readers e a chinesa Meizu para o fabrico de telefones com o sistema operativo baseado em Linux.

Detalhes importantes, como preço, data de lançamento, especificações, ainda não estão disponíveis, provavelmente teremos informações mais sólidas durante o Mobile World Congress. No entanto, o CEO e fundador da Canonical, Mark Shuttleworth, deixou a informação informação de que mais dois fabricantes se juntaram ao projecto em 2015.

Além do desafio de conseguir que mais OEM´s lancem smartphones com Ubuntu, a Canonical precisa de atrair programadores para o sistema; Shuttleworth quer que as 50 aplicações principais estejam disponíveis para Ubuntu até o final deste ano: o LastPass e o Grooveshark já estão dentro, quem sabe no MWC teremos mais nomes. Um outro ponto importante é a premissa de que os fabricantes e operadoras terão “oportunidades sem precedentes” de personalização da UI, mas com a promessa que isso não causará fragmentação da plataforma: é ver pra crer.

A Canonical, BQ e Meizu deverão lançar telefones mid- e high-end, e a venda será feita pelas loja virtuais das OEM´s e pelo Ubuntu.com. Confesso estar muito curioso por esses telefones, usei Ubuntu algum tempo no meu PC e a ideia de partilhar o sistema com o meu smartphone parece-me fantástica, mas a questão das aplicações e aparelhos disponíveis ainda assusta um pouco: confesso que sou um pouco resistente à mudança.

Relacionado:
Artigos instantâneos do Facebook já permitem a visualização de imagens e vídeos de 360 graus

Fonte: Canonical & AndroidPIT