Parece que cada vez mais os wearables vão fazer parte do quotidiano, e quando temos marcas de relojoaria como a Tag e o seu Tag Heuer connected a não querer ficar fora desse mercado, é a prova que a procura é acentuada, até mesmo no mercado de Luxo.

Tag Heuer connected

Esta terça feira fomos conhecer o o “Tag Heuer connected“, o smartwatch desta relojoaria com mais de 150 anos de história no fabrico de relógios.

O Tag Heuer connected pretende conectar com o nosso smartphone, mantendo o “Feel” de um relógio.

E para que esta “obra de arte” pudesse ver a  luz do dia a Tag Heuer juntou-se com a Intel para dar vida a este poderoso smartwatch.

Tag Heuer connected

O Tag Heuer connected tem 46 mm de tamanho e um espessura de 12.8 mm, ligeiramente maior do que o Moto 360 1gen, existe a possibilidade de o adquirirem com uma bracelete em borracha disponível em 6 cores ou cabedal genuíno.

Com uma construção em titânio escovado no seu Anel com os numerais gravados em 3D em redor, uma traseira em plástico e vidro em safira, trata-se de um relógio “robusto” mas apenas tem categoria de IP67 por isso não aconselhamos mergulhos com ele, e ainda com apenas 52 gramas de peso é sem dúvida um relógio muito leve no pulso.

Fruto da parceria com a Intel o Tag Heuer connected tem um processador Intel Dual-core com 1.6GHz, 1 GB de RAM e 4 GB de ROM.

Relacionado:
[Geek Alert] Campanha 11.11 traz Smartphones incríveis com preços a condizer

Podemos ainda contar com uma bateria de  410mAh que segundo a Tag tem uma autonomia de 25 horas, e com um tempo de carga de 1.5 horas, todo o carregamento é feito por uma dock magnética, à semelhança do que já vimos com o Huawei Watch e MOTO 360.

Relativamente aos sensores o Tag Heuer connected vem com os suspeitos do costume com a excepção de sensor cardíaco, e ainda podemos contar com bluetooth 4.1 para baixo consumo e WLAN 2.4.

E agora vem a pergunta que passa imediatamente pela cabeça:

Quanto custa um smartwatch de Luxo?

Bem a versão com a banda de borracha custa 1.400€ sendo que a versão com banda de cabedal custa 1.600€, tendo em conta o valor dos restantes relógios desta marca este smartwatch é um equipamento considerado acessível, e segundo a Tag ao fim de 2 anos dentro da garantia por mais 1.500 euros os proprietários do Tag Heuer connected podem trocar por um Tag analógico versão Carrera.

Claramente que não será para o bolso de qualquer um, mas quem puder adquirir um, terá o melhor dos dois mundos, elegância, potencia, e Android Wear.