Segundo a Google o Android ficou significativamente mais seguro em 2014

No passado dia 2, a Google disponibilizou um relatório efectuado ao longo de todo o ano 2014, no que trata de segurança no Android.
Segundo dados da Google, a taxa global de software malicioso para atacar o sistema operativo do robot verde, baixou 50%.
Ainda segundo o mesmo relatório, só 1% dos aparelhos Android actualmente activos, sofreu qualquer ataque desse tipo de software.

Se a contagem fosse feita somente a smartphones que unicamente fazem download de aplicações através da Google Play, essa taxa cai para 0,15%, o que é uma redução significativa se compararmos esses dados com informações de empresas de segurança que têm acompanhado o crescimento das ameaças na plataforma da Google.

A Google diz que esses números só foram possíveis de ser alcançados através algumas medidas de segurança bem específicas. Uma delas foi a implantação de uma equipa de técnicos que está a analisar todas as novas aplicações que dão entrada no Google Play Store, em que esses técnicos procuram falhas de segurança e violações nas regras de desenvolvimento para Android.

02152958683028.jpg

Há ainda a ferramenta de varredura de smartphones da própria Google, presente na maioria dos smartphones actuais. Naquela aplicação “Conf. Google”, existe uma opção activa por defeito que permite ao sistema verificar a procedência e avaliar a segurança de todas as aplicações que são instaladas nos dispositivos, inclusive aquelas que vêm de fora da Google Play Store.

Relacionado:
Samsung Galaxy A8 (2016) foi apresentado oficialmente

 

FONTE