Segundo a fonte da Sul Coreana que informou a Reuters, a Samsung está em vias de lançar um programa oficial de revenda de smartphones. A ideia é recolher aparelhos de clientes que estão incluídos no plano de atualização anual de smartphones, reformá-los e colocá-los novamente no mercado com um preço mais acessível.

A Samsung recusou-se a comentar a notícia por considerá-la de “especulação”, e a fonte da Reuters não quis falar sobre quais os descontos a serem aplicados, ou que países seriam incluídos neste novo programa. É possível que o mesmo entre em vigor já em 2017.

0B5CUt KUpXFUZjhVOXljSF9fbGc E se a Samsung começar a vender Smartphones usados? image

Se iso realmente acontecer, o programa tornará os tops de gama da Samsung mais acessíveis ao mesmo tempo em que ajudará a fabricante a lutar contra a concorrência, principalmente de marcas chinesas, uma vez que em países como a Índia os consumidores pagam, em média, US$90 por um smartphone.

Porém, existe o medo de que haja uma canibalização dentro da própria Samsung. Isso porque os clientes que antes estavam dispostos a adquirir um aparelho intermediário podem agora gastar o mesmo mas num topo de gama, mas usado.

O que acha da ideia? Estaria disposto a adquirir um topo de gama do ano, mesmo que usado, ao invés de um intermediário deste ano?

Relacionado:
EMUI o músculo de Software que acompanha os Smartphones da Huawei