A semana passada foi muito importante para a Google e o universo Android, principalmente por causa do lançamento do Android 5.0 Lollipop. Uma das características importantes do novo sistema é o suporte a processadores de 64 bits, e a Samsung não tardou a lançar um novo processador do tipo.

No passado dia 16, o gigante coreano anunciou o Exynos 7 Octa, um processador de 8 núcleos, resultado de uma combinação entre 4 núcleos do tipo ARM Cortex-A57, de alta performance, e 4 núcleos ARM Cortex-A53, de baixo consumo de energia, para tarefas secundárias.

Os dois tipos de núcleos são de 64 bits e utilizam todos os avanços que a Samsung alcançou utilizando a arquitetura ARM, além de ser um dos poucos processadores a serem produzidos utilizando o processo de 20 nm, que traz várias vantagens em relação ao desempenho e consumo de energia.

O facto do Exynos 7 ser de 64 bits seria a sua principal característica, já que, desde o ano passado, a Apple tem feito bom uso da arquitectura com o iPhone 5S. Como o Android não tinha suporte a processadores do tipo, os demais fabricantes acabaram por ficar para trás nesse aspecto, até á semana passada, com o lançamento do Android 5.0 Lollipop. No entanto, curiosamente, a Samsung nem sequer mencionou esse facto no lançamento.

Dado que a maioria dos fabricantes – incluindo a Samsung – já anunciou os seus productos para este ano, deve demorar algum tempo até que apareça algum smartphone a utilizar o novo processador. A não ser que tenhamos uma bela surpresa muito em breve, já que estão circular alguns rumores de que um Galaxy S5 Google Play Edition está na iminência de ser lançado.

Relacionado:
Xiaomi: Ecrã dobrável apanhado em vídeo

 

 

 

 

Fonte: CanalTech