O Replicant é uma ROM para Android com uma grande diferença: é toda baseada em componentes livres, ou seja, sem código proprietário. Para a grande maioria isso não importa, mas para algumas pessoas, isso pode ser essencial.

Alguns podem estranhar a necessidade de uma ROM livre, já que o Android é baseado em UNIX e tem código aberto, entretanto, a maioria das versões que correm nos telefones, tablets e outos aparelhos possui componentes proprietários. Pois o Replicant libera o Android de todo e qualquer código que não seja livre e aberto. Infelizmente, isso gera alguns problemas, principalmente com gráficos 3D e ligações em geral, já que a maioria dos firmwares utilizados nessas tecnologias são de proprietários.

O Replicant foi lançado em 2012, com uma versão do Android 4.0. Agora ele chegou à versão Jelly Bean 4.2. Infelizmente, de momento apenas um programador trabalha activamente no projecto, o que o limita a telefones Galaxy e traz limitações de hardware (como os já citados gráficos 3D e ligações). É um projecto baseado no CyanogenMod 10.1, e que realmente não está pronto para ser lançado ao público.

Se alguém aqui for um amante de software livre, o Replicant é uma opção para o seu segundo telefone, ou para o primeiro se você souber muito bem o que está a fazer.

Alguém conhece o Replicant? Já o utilizou?

Fonte: Replicant Project e AndroidPIT

Relacionado:
OxygenOS 3.5.6 para o OnePlus 3 traz patch de segurança e outras novidades