Como devem saber, grande parte das fabricantes de smartphones Android apenas confiam nos produtos Snapdragon da Qualcomm para equipar os seus smartphones de topo. Hoje, a empresa anunciou à instantes o seu novo SOC de topo para o início de 2017 – o Qualcomm Snapdragon 835.

Este novo processador está a ser construido em colaborando com a Samsung Electronics para usar seu processo de 10nm FinFET. O processador será feito de nano-materiais de moléculas e átomos com menos de 100 manómetros (nm). Isso atribui-lhe algumas características avançadas, como menor peso, maior resistência e maior reatividade química.

A Qualcomm diz que estes 10nm vão ajudar o Snapdragon 835 a alcançar uma eficiência energética de alta qualidade e desempenho incrível. Segundo o seu comunicado de imprensa, em comparação com os 14nm do Snapdragon 820, o 835 será 30% menor e com um desempenho superior em 27%, e 40% mais eficiente energéticamente. Isto significa um pouco mais de espaço para respirar dentro de smartphones e uma maior duração da bateria . O novo processador também suporta a próxima geração de carregamento rápido da Qualcomm - o Quick Charge 4.0. Esta tecnologia fornece carga 20% mais rápido do que o já impressionante Quick Charge 3.0. Como um exemplo rápido - o HTC 10, LG G5, e Galaxy S7 demoram entre 80 a 100 minutos para obterem 100% de energia, mas só necessitam de alguns minutos na tomada para obter horas de energia. O Quick Charge 4.0 também será totalmente compatível com o USB Tipo-C, de modo que os telefones equipados com a porta de dados reversível não terão necessidade de sofrer com tempos de carregamento mais longos.

Relacionado:
Meizu prepara o lançamento do M5 Note para 30 de Novembro

Além da inauguração do processo de fabrico do Snapdragon 835, também foi anunciado que o Snapdragon 835 virá com o novo Modem X16 LTE, que é capaz de obter velocidades em torno do Gigabit de download. O Qualcomm Snapdragon 835 já está em produção, e deve começar a surgir nos smartphones durante o primeiro semestre de 2017, ou seja, bem a tempo do Samsung Galaxy S8, HTC 11, LG G6 ou Oneplus 4.