Qualcomm adiciona Switch de segurança kill switch no Snapdragon 810

 

“Kill switch” é a frase chave de segurança nos dias de hoje, pelo menos quando se trata de questões de segurança e de smartphones extraviados. Mesmo com algumas falhas e a sua quota de cépticos, fabricantes e programadores da plataforma, e programadores de aplicações têm encetado esforços para adicionar este recurso nos seus produtos. Até mesmo a Qualcomm está a querer entrar no no jogo. Anunciaram que a sua própria solução SafeSwitch baseada em hardware vai ter a sua estreia no Snapdragon 810, o chip que provavelmente irá alimentar muitos dispositivos móveis high-end deste ano.

 

Qualcomm SecureMSM Qualcomm adiciona Switch de segurança kill switch no Snapdragon 810 image

A Qualcomm revelou os seus planos SafeSwitch em setembro do ano passado. O que torna a sua solução de segurança diferente do sistema operativo ou aplicações de Kill Switch  é que o recurso é incorporado profundamente dentro do hardware, o que torna extremamente difícil, se não impossível, de adulterar. É verdade que é sempre possível mexer no hardware, mas a menos que o ladrão seja um engenheiro habilidoso, a taxa de sucesso será seguramente baixa, isto obviamente será um impedimento para tentar revender um smartphone roubado. Se vai ser um impedimento para o roubo, só o tempo será capaz de dizer.

A partir de uma perspectiva do utilizador final, o Qualcomm SafeSwitch  oferece praticamente os mesmos recursos que muitos outros oferecem, como a Apple com o Find My iPhone ou o Android Device Manager. Isto significa que eles serão capazes de configurar remotamente um código de acesso, bloquear um dispositivo, e, como último recurso, limpar os dados encontrados no smartphone. A diferença é que estas características se estendem em profundidade para dentro, para o nível do hardware, de modo que um simples limpar do dispositivo será ineficaz. SafeSwitch entra em acção assim que o equipamento é ligado, mesmo antes do  sistema operativo iniciar, certificando-se de que o telefone bloqueado permanece mesmo bloqueado.

Relacionado:
Samsung apresentou monitor Gaming na Lisboa Games Week

É claro que esta é uma espada de dois gumes, que, dependendo da implementação, pode ser usada contra os utilizadores também. É muito cedo para tirar conclusões. Pode ser um impedimento para rom developers e modders, e em geral para utilizadores avançados especialmente de Android.

Qualcomm vai fornecer o software e hardware para implementar o SafeSwitch, mas a integração ainda vai depender dos fabricantes de plataformas e fabricantes de smartphones. É sem dúvida uma característica forte do Snapdragon 810,em conjunto com a mudança para a arquitetura de 64-bit.

Deixem os vossos comentários.

PARTILHAR
Artigo anteriorMercado de Android continua dominado pelo Jelly Bean
Próximo artigoPolaroid lança dois tablets de baixo custo
Fundador do Androidgeek.pt ,trabalho em TI há dez anos. O desafio de gestão de equipas com foco nas necessidades do mercado deu-me o background certo para abraçar vários projetos online, nos quais aproveito a minha experiência em duas das minhas paixões: Tecnologia e Escrever. Sou um profissional dedicado com vasta experiência em todas as áreas de Gestão de TI e Gestão de serviços na área de Tecnologias de Informação. Sou apaixonado por tecnologia, Android, Publicidade, Marketing Digital e posicionamento estratégico.