O projecto Google Glass recebeu um investimento de 17 milhões de dólares de uma empresa startup.

0B5CUt KUpXFUaDk5TzNVTzdqTWs Projecto Google Glass não morreu image

Actualmente não temos tido muitas informações sobre o projecto Google Glass, que até já pensamos que o mesmo tinha sido descontinuado, mas pelos vistos o mesmo continua ainda em vigor no sector da investigação.
Mas recentemente tivemos a informação que existe interesse do mesmo no sector da medicina, aparentemente a empresa Augmedix fez um investimento significativo de 17 milhões de dólares, de modo a tornar a experiência de uma consulta por tele conferência mais humana, eliminado a sensação de ausência humana usando o Google Glass, permitindo uma intercepção mais intima dos médicos com os pacientes, eliminado assim a necessidade da interacção com uma webcam e um ecrã, e a vantagem de obterem informação em tempo real sobre o paciente convenientemente à sua frente.

Para quem não sabe a Augmedix é uma empresa startup sediada em São Francisco, que desenvolveu uma plataforma para que médicos possam recolher dados sobre os seus pacientes em tempo real.

O investimento pela empresa é bastante significativo: tendo tido cinco fontes diferentes, sendo elas as maiores provedoras de saúde nos EUA – Sutter Saúde, Dignidade Saúde, católicos Iniciativas de Saúde (CHI), TriHealth Inc., e um quinto elemento encontra-se no anonimato por enquanto.

 

Segundos os cálculos esses 5 grupos hospitalares entre todas as instalações abrangem cerca de 100.000 funcionários médicos, e segundo a intenção da Augmedix é fornecer equipamentos Glass para os funcionários médicos dos respectivos grupos.

Relacionado:
OPPO supera o valor das vendas da Apple na Índia

Segundo o vice-presidente Albert Chan da Sutter Health, “À medida que se esforçam para criar a alta qualidade, a experiência de saúde de alto valor nossos pacientes esperam de SutterHealth, novas ferramentas e serviços de tecnologia nos permite inovar de formas que proporcionam um nível mais eficiente, acessível e personalizada de cuidados”

Apenas de relembrar que o Google no final de 2014, anunciou que iria descontinuar o desenvolvimento do projecto Google Glass. Tendo mais tarde anunciado que, poderia redesenhar o produto e criar um mecanismo totalmente novo.

Será este o uso final que o Google Glass terá, nunca vendo a luz do dia a nível comercial para o utilizador comum como era pretendido e desejado por muitos, sendo o wearable mais esperado, vamos esperar para ver como corre tudo.