O presidente da Motorola, Rick Osterloh, desmentiu o boato de que os Moto E e o Moto G deixariam de ser fabricados. Osterloh afirmou na Mobile World Congress, em Barcelona, que os smartphones ainda continuarão disponíveis por mais algum tempo e até a um “futuro previsível”, informado que tanto o Moto G como o Moto E, continuarão a ser vendidos em mercados similares aos que actualmente já são comercializados.

Motorola_mwc-2016.jpg

Desde que a Lenovo adquiriu a Motorola em Outubro de 2014, muitas dúvidas surgiram sobre o futuro de uma das maiores fabricantes de smartphones do mundo. A fusão de duas companhias com objectivos semelhantes, a venda de smartphones de baixo custo, pode ser complicada.
Até agora, o pouco que se sabe é que o nome da Motorola irá desaparecer das caixas dos dispositivos. Em breve, os únicos sinais que indicarão que os smartphones são feitos pela Motorola são o clássico logotipo da marca e o nome “Moto By Lenovo”, que pode aparecer já novos próximos Moto E e Moto G.

Um exemplo da convergência das duas empresas é a reformulação do design da linha Vibe da Lenovo pela equipa da Motorola, no entanto, Osterloh não revelou como é que a Motorola irá ajudar a empresa chinesa financeiramente.

 

 

FONTE

Relacionado:
Moto Z e Moto Z Force já estão a receber Nougat