Pepsi P1 poderá não sair do papel

 

Lembraste do smartphone que a Pepsi tem planos para lançar? O mesmo poderá não sair do papel.
Acontece que a campanha de financiamento coletivo lançada através do site JD Finance para viabilizar o Pepsi P1, ainda não conseguiu obter os cerca de US$ 470 mil necessários para viabilizar a produção dos 12 mil smartphones encomendados.
Até ao dia de hoje menos de metade desse valor foi conseguido, cerca de US$ 210 mil via JD Finance, mas o prazo para a arrecadação total do valor termina dentro de três dias.

Apesar de mais de 2 mil pessoas terem investido no produto poucas horas após o lançamento do projecto, os consumidores chineses acabaram por desistir da compra devido ao preço do telefone, que custará $155.

pepsiphone1 w782 Pepsi P1 poderá não sair do papel image

O Pepsi P1 é na realidade, uma versão do Halo 7, smartphone já produzido pela chinesa Koobee. A parceria com a Pepsi para o lançamento do Pepsi P1 resultaria apenas na chegada de um smartphone com o logotipo da Pepsi, que nos chegaria com as seguintes especificações técnicas:

  • Ecrã de 5,5 polegadas com resolução FHD 1920×1080 pixeis
  • MediaTek MT6592 – octa core a 1,7 GHz
  • 2GB de RAM
  • 16GB de Armazenamento interno
  • Câmara principal de 13MP e secundária de 5MP
  • Bateria de 3000mAh
  • Android 5.1 Lollipop
Relacionado:
Já é possível assistir a vídeos do Facebook na TV

Sem o investimento o Pepsi P1 não sai do papel, e a menos de 3 dias do fim ainda não conseguiram metade do investimento… pelo que o mais certo é o P1 não chegar a ver a luz do dia.