O que esperar do Google I/O 2015?  Android M, Project Ara, Android Wear

A Google I/O, conferência anual da Google, já tem data e local marcado: 28 e 29 de maio, será em São Francisco, Estados Unidos. O evento direccionado para programadores serve ,tradicionalmente, como palco para vários lançamentos relacionados ao softwares e alguns gadgets da empresa. Deixamos aqui uma pequena antevisão do que poderá ser a edição deste ano.

 

Android M

Android M Portada O que esperar do Google I/O 2015?  Android M, Project Ara, Android Wear image

Apesar do Android 5.0 (Lollipop) ainda se encontrar na sua fase inicial e em apenas 10% dos dispositivos, muito por culpa da implementação lenta por parte dos fabricantes, um novo sistema opetivo para dispositivos móveis deve ser anunciado durante a conferência. O rumor, que parecia improvável, ganhou força nesta quarta-feira (6), quando a informação de uma palestra de apresentação do Android M apareceu na agenda oficial do evento, e assim como apareceu, desapareceu de seguida.Nesta nova versão do sistema, ainda sem nome oficial,  são esperadas várias melhorias, como uma maior integração com o Android Wear, melhor gestão de bateria e funções adicionais para a câmara. Outra expectativa é que o Android M seja focado no mundo empresarial.

 

Android Wear

AndroidWear O que esperar do Google I/O 2015?  Android M, Project Ara, Android Wear image

Apesar de ter sido apresentado como uma das grandes novidades dE 2014, o Android Wear que é sistema da Google para dispositivos “vestíveis”, parece não ter tido ainda o seu momento. Isso ficou em evidência com o início das vendas do Apple Watch. Em apenas um dia, o relógio inteligente da Maçã vendeu mais do que todos os smartwatches com Android em um ano. Isto sem falar do Tizen, sistema operativo da Samsung. Na conferência deste ano, a Google deve anunciar novos recursos para o Android Wear e uma série de novos smartwatches compatíveis com o sistema. Também é possível que a empresa lance um relógio com a marca Nexus.

Android TV e Auto

ANDROIDAUTO O que esperar do Google I/O 2015?  Android M, Project Ara, Android Wear image

A Google I/O deste ano deve dedicar alguma espaço ao software para smart TVs.  O Android TV foi anunciado na conferência de 2014, mas desde então outras novidades surgiram, como a inclusão do sistema nas TVs inteligentes da Sony. Ainda não existem muita informação sobre o Android TV, mas é possível que o sistema ganhe updates e ainda mais integração com as outras plataformas da empresa.

Relacionado:
Ofertas na compra dos Huawei P9 e Huawei P9 Plus

O Android Auto foi outra novidade bastante badaladano no evento do ano passado. A versão do sistema para integrar smartphones e automóveis pode ganhar novas funcionalidades e parcerias com fabricantes, entre outros detalhes, que devem ser mostrados este ano.

Project Ara

aivory  project ara smartphone shell design  by rowennjohn d8e2a64 O que esperar do Google I/O 2015?  Android M, Project Ara, Android Wear image

O projeto de smartphone modular do Google, que permite modificar as peças como processador e memória, é apontado como uma das grandes revoluções do mercado. Mas, até o momento, o aparelho ainda não tem data de lançamento. Na Google I/O 2015, espera-se que finalmente a empresa anuncie o preço e a data de lançamento do dispositivo, assim como novos parceiros que fornecerão os componentes. Em fevereiro deste ano, a Toshiba anunciou que venderá câmeras que funcionarão com o gadget .

Google Glass

GGLASS O que esperar do Google I/O 2015?  Android M, Project Ara, Android Wear image

O Google Glass começou a ser vendido no ano passado nos EUA e, por conta do alto preço e poucas funcionalidades, não foi o sucesso que era esperado. Tanto que a Google encerrou as vendas do gadget em janeiro deste ano e passou o desenvolvimento para outra divisão da empresa. A Google I/O pode ser o pontapé para o renascimento do dispositivo. É aguardado um Google Glass mais potente e uma loja de aplicações compatíveis mais completa. Em dezembro do ano passado, rumores apontaram que o dispositivo ganharia uma versão com processador Intel.

FONTE