O meu smartphone desapareceu… e agora?

 

Infelizmente casos de smartphones que desaparecem ou são roubados, são cada vez mais frequentes, e isso gera uma grande preocupação.
Primeiro porque o dispositivo, grande ou pequeno, tem valor monetário, que só por si já é chato de repor, mas a principal preocupação é o facto de um smartphone na grande maioria das vezes conter muito mais do que uma simples lista de contactos telefónicos. Desde emails, contas bancárias, acesso ás redes sociais, fotografias, etc, podem ser encontrados em qualquer smartphone, e ninguém está disposto a que terceiros tenham acesso a esses dados.

Então quando isto acontece e antes de tudo é preciso manter a cabeça fria e respirar fundo, e em primeiro lugar procurar muito bem o telefone nos locais onde o costumas deixar. Se não o achares, a primeira coisa é tentar localizar o telefone, e para ajudar nisso, consulta o nosso artigo aqui no AndroidGeek.pt que te vai ajudar a tentar localizar o dispositivo.
Se mesmo assim não o achaste, então uma série de ações podem e devem ser tidas de imediato para que reduzas ao máximo os transtornos de um evento como este. Para te ajudar, preparamos uma espécie de guia com todos os passos que deves dar.

 

1º Bloquear o acesso ao aparelho

Caso não tenha sido possível encontrá-lo, a primeira opção é bloquear o acesso ao dispositivo. Esta função serve para adicionares uma senha de acesso no ecrã inicial, ou seja, se já tinhas definido um código de acesso no teu gadget podes saltar esta etapa. Se não tinhas então acede o site google.com/android/devicemanager e faz login com a mesma conta utilizada no teu dispositivo. Ao concluir o acesso, usa a opção “Bloquear” para definir uma nova senha de bloqueio no teu aparelho.

Relacionado:
Honor 8: Truques & Dicas da Câmara

O meu smartphone desapareceu passo1 O meu smartphone desapareceu... e agora? image

2º Encerrar sessões de aplicações e mudar as senhas

Uma das funções mais interessantes presentes em aplicações de e-mails e redes sociais é a possibilidade de encerrar remotamente uma sessão ativa. Por exemplo, acedes ao Gmail ou ao Facebook, e podes deslogar de todos os aparelhos em que estas logado.

Assim, garantes que quem encontrou o seu smartphone não terá como aceder à tua conta de e-mail ou das redes sociais, algo essencial para manter a tua privacidade e segurança.

Encerrar sessões do Facebook

Faz login na tua conta de Facebook num browser e acede às configurações de segurança do teu perfil — se clicares aqui vais diretamente para lá. No ecrã em questão, encontra a opção “Onde tens sessão Iniciada” para ver todos os dispositivos e browsers no qual fizeste login e que continuam com sessão ativa.

O meu smartphone desapareceu passo2 facebook O meu smartphone desapareceu... e agora? image

Clica em “Editar” e, depois, em “Encerrar todas as atividades”. Este passo é o suficiente para deslogar de todos os demais dispositivos.

O meu smartphone desapareceu passo2 facebook21 O meu smartphone desapareceu... e agora? image


Removendo acesso à tua conta Google

A Google tem uma opção bastante prática para encerrares a tua sessão de um dispositivo portátil no qual ligaste. Acede às configurações de tua conta, vai ás opções de segurança e, clica em “Atividade do dispositivo e Notificações” e clica em “Rever dispositivos”.

Relacionado:
Wiko apresenta o Freddy: o smartphone mais rápido da família 'Y'

O meu smartphone desapareceu passo gmail1 O meu smartphone desapareceu... e agora? image

Na página seguinte, clica sobre o dispositivo que foi perdido ou roubado e então pressiona o botão “Remover” para retirar o acesso à tua conta do Google naquele aparelho. Vale a pena lembrar que, ao fazer isso, tornas impossível bloquear ou apagar todo o conteúdo do seu gadget remotamente.

O meu smartphone desapareceu passo gmail2 O meu smartphone desapareceu... e agora? image

 

Alterar as Passwords

Outros serviços como Twitter, Instagram e LinkedIn não possuem a mesma função que o Facebook (o Gmail tem, porém, ela não funciona para logout remoto de sessões abertas no telefone). Então, neste caso, o melhor a fazer é alterar a senha de cada serviço que não pode ser deslogado.

Essa função é sempre fácil de fazer e está disponível nas configurações de segurança de cada serviço. Alterar esta informação é essencial para manter a privacidade dos teus dados.

3º Apagar todos os teus dados

A mais drásticas de todas as medidas é um recurso viável para quando não tens mais nenhuma hipótese de recuperar o aparelho. O Android tem uma função que permite que apagues todas as tuas informações, tais como os contactos a logins e fotografias, e de maneira definitiva.

Nesta opção, o gadget é restaurado ao modo de fábrica e inclusive o bloqueio que criaste é removido, permitido a outra pessoa usar o smartphone normalmente, a não ser que tenhas bloqueado o aparelho na operadora, como sugerido no próximo passo. Mas para fazeres o restauro de fabrica necessitas de aceder ao site google.com/android/devicemanager e fazer login com a mesma conta utilizada no teu dispositivo portátil. Ao concluir o acesso, usa a opção “Apagar” para enviar uma solicitação de remoção de todo o seu conteúdo do aparelho.

Relacionado:
Nokia poderá usar um processador Snapdragon 820 no próximo topo de gama

4º Bloquear o teu número de telefone

Uma das ações mais importantes a serem tomadas quando perdes um telefone é bloquear o teu número. Isso é essencial porque o número está vinculado à tua pessoas, ou seja, caso ele seja usado para cometer algum crime ou fraude, isso pode trazer-te problemas.

É lógico que, futuramente, haverá sempre como provar a tua inocência, mas é sempre bom evitar este tipo de risco.
Então, de imediato deves dirigir-te a uma loja da tua operadora ou simplesmente entrar, telefonicamente, em contacto com ela, afim de bloquear o teu numero.

5º Bloquear o aparelho na operadora

As operadoras dispõe de recursos para bloquear em definitivo o funcionamento dos aparelhos. Isso é possível para fins de prevenção de roubo, pois é possível inutilizar completamente um aparelho ao retirar suas funções de ligação à Internet e com redes móveis.

Para fazer isso, precisas do número do IMEI do aparelho, normalmente disponível na fatura de compra e na caixa do gadget. Outra opção é abrir o dialer do teu telefone e digitar a sequência *#06# para que o número do IMEI apareça no ecrã (anotar o IMEI e guarda-lo em local seguro).

Além do número do IMEI, muitas operadoras exigem que apresentes um boletim de ocorrência (de perda, furto ou roubo do aparelho). Então, basta verificar junto da tua operadora quais são os documentos necessários para que procedas ao tal bloqueio.

IMEI 565x259 O meu smartphone desapareceu... e agora? image
Exemplo de um IMEI