De acordo com o programador Chainfire, a próxima versão do Android trará uma mudança que pode acabar por impedir o funcionamento de muitas aplicações root por proibir que o superuser execute arquivos localizados na pasta /data. Mas antes de reclamar já, tenha em mente que esta alteração não é destinada às aplicações root, mas será reflexo de uma melhoria de segurança.

O novo código compromete a árvore mestre do Android Open Source Project (AOSP) e impede que o superuser extraia arquivos de diretórios localizados na partição /data, de forma que os mesmos não possam ser executados. A ideia é impedir que alguns programas maliciosos executem scripts na partição /data. Ainda não é bem claro se essa mudança virá com a próxima versão do Android ou se será alterada no proximo update do Kitkat, a unica coisa que se sabe, é que realmente irá ser utilizada.

A boa notícia é que, mesmo que a equipa de programadores do Android faça esta alteração de segurança, ainda será possível aos programadores fazer as mudanças para permitir que a maioria das aplicações root continuem a funcionar, mesmo depois desta “correção”.

É importante estar ciente de que isso não impedirá que os utilizadores façam o root aos seus dispositivos ou instalem qualquer tipo de custom ROM. A questão está relacionada com o uso de aplicações como, por exemplo, Battery Calibrator, Greenify, Pimp my ROM, Root Browser, mounts2sd ou Spirit FM.

Relacionado:
Atualização do WhatsApp torna possível as citações em grupos

Então o que podemos que esperar?

Bom, segundo o Chainfire, a curto prazo isso pode significar que uma série de aplicações root deixem de funcionar, por erro caso os programadores não introduzam algum tipo de solução a tempo da próxima versão do Android chegar aos utilizadores. Já a longo prazo, teremos um aumento da segurança do sistema operativo, algo que nunca é demais.

Fonte: Android Authority & Chainfire

2 COMENTÁRIOS

  1. Penso que ideia será aumentar a segurança..De tempos a tempos veem se noticias da insegurança do Android. Pouco a pouco a Google vai restringindo as coisas no Android.Veremos o que se passará na proxima Google I/O ou talvez antes..

Comments are closed.