Nova ameaça para equipamentos Android com versões anteriores a 4.3

 

Investigadores da Palo Alto Networks revelaram rececentemente, terem identificado uma nova ameaça ao sistema operativo Android que permite a cibercriminosos modificar ou substituir apps aparentemente benignas por malware. O intuito é roubar palavras-passe e outra informação sensível.

Esta ameaça só se verifica  quando as apps são descarregadas de outra loja que não a Google Play ou quando o utilizador clica numa publicidade referente a uma promoção para apps.

A forma de actuação deste malware consiste num aproveitamento do facto dos dispositivos afetados não verificarem se a aplicação que se vai usar é a mesma á qual foram dadas permissões no momento da instalação.

Seja usando uma app aparentemente fidedigna para instalar malware ou mascarando as permissões solicitadas, em qualquer uma das hipóteses os utilizadores podem deparar-se com a instalação de aplicações muito diferentes do que pretendiam inicialmente.

Uma atualização na versão 4.3 do Android corrigiu esta falha de segurança, mas  segundo dados da própria Google, 49,9% dos dispositivos Android, ainda correm versões anteriores, pelo que a ameaça é real e têm um grande universo de dispositivos por onde se propagar.

Recomendamos a leitura deste artigo: Devemos usar anti virus em Android?
Usam anti-virus nos vossos dispositivos? Deixem os vossos comentários.

Relacionado:
Google Pixel e Pixel XL como fazer ROOT