A Nokia assegurou que vai voltar a entrar no mercado de telemóveis. Rajeev Suri, CEO da Nokia, disse na conferência realizada no Mobile World Congress, em Barcelona, que mesmo sem uma data definida, a tecnológica voltará a vender telefones inteligentes no futuro.

“Não temos uma previsão e nem estamos com pressa. Isso pode acontecer em 2016 ou depois. Os novos ‘smartphones’ da Nokia serão lançados com a ajuda de parceiros ideais”, avançou o presidente executivo. Na prática, isto significa que a Nokia não será responsável pelo fabrico dos equipamentos, limitando-se a licenciar a sua marca na produção desses dispositivos.

0B5CUt KUpXFUOER2TTU1QzhBVG8 Nokia vai voltar a apostar nos smartphones premium image

Rajeev Suri reiterou que a Nokia acredita ter potencial suficiente para causar impacto no mercado de smartphones, mas que não pretende assumir riscos que comprometam a qualidade dos seus futuros produtos. Por isso, o CEO sugeriu que a Nokia pode investir em dispositivos da categoria ‘premium’, em vez de se focar em ‘smartphones’ de médio ou baixo custo. “Acreditamos que este é um modelo de negócios rentável”, avança Rajeev Suri.

Depois de ter liderado o mercado de telemóveis mundial durante anos, a Nokia foi perdendo terreno com o aparecimento da Apple que lançou o iPhone, e depois com os dispositivos Android a revolucionar o mundo dos smartphones, levando a companhia a vender a sua divisão mobile à Microsoft em 2013.

 

FONTE

Relacionado:
Nokia deverá lançar dois telefones ainda em 2016