A Nokia só pode voltar a comercializar smartphones em  2016, a empresa ainda é detentora de muito respeito e admiração dos consumidores, portanto, poderá voltar ao mercado em força, voltando a ser uma das principais fabricantes de smartphones.

Este é certamente o principal motivo para o lançamento recente do tablet N1 , além de se manter dentro das regras impostas durante a aquisição da Microsoft também mantem a empresa dentro do mercado, e perto do mais importante.. Os consumidores.

Um conjunto de imagens foi divulgado na última noite, revelando que a Nokia pode estar a trabalhar num novo equipamento Android chamado de “C1” . Uma das imagens, um pouco mais credível, mostra o dispositivo com um visual bastante parecido com o tablet N1, enquanto que outra mostra um aparelho com uma forma que dificilmente será a principal aposta da finlandesa para os próximos anos.

NOKIAC1 2 Nokia C1 o primeiro Android depois da aquisição pela Microsoft imageNOKIAC1 1 Nokia C1 o primeiro Android depois da aquisição pela Microsoft image

De acordo com os rumores até ao momento o Nokia C1 virá com Android 5.0 de fábrica com o complemento do Nokia Z Launcher, instalado de fábrica. Tratando-se de especificações mais concretas, o aparelho deve vir com um ecrã de 5 polegadas (resolução não divulgada), processador fabricado pela Intel que ainda não possui nome/modelo definido, 2GB de memória RAM, 32GB de armazenamento interno (possivelmente expansível via microSD), câmera traseira de 8 megapixels e 5 megapixels na parte frontal.

As especificações não são de todo descabidas, e será sem dúvida um argumento de peso da Nokia no mercado de média gama, a produção deste equipamento será feita pela Foxconn ou por qualquer outra fabricante de peso que ainda tenha parceria com a Nokia.

Relacionado:
Re-Volt 3 chega ao Android