Se estavam à espera que a LG baixasse a guarda em 2016, fiquem a saber que os  X Power e o X Style, são concorrentes à altura da nova linha Motorola Moto G4. Foi nesta terça-feira, 31 de maio de 2016 que a companhia com sede em Taiwan apresentou não só o G Pad III 8.0, mas também dois novos membros de sua linha X.

Com especificações técnicas intermediárias estes dispositivos mantêm a LG no mercado de gama média da telefonia móvel.  A aparência de ambos o X Power e X Style dá continuidade à linha da LG , com uma construção em plástico para reduzir o preço final.

Vamos conhece-los:

LG X Power

  • Ecrã IPS de 5,3 polegadas, usando a resolução HD (1280 x 720 pixels) para a exibição de conteúdo
  • 2 GB de RAM
  • 16 GB de memória para o armazenamento interno
  • Entrada para cartão microSD
  • Chipset MediaTek MT6735
  • Processador de quatro núcleos ARM Cortex-A53, cada um deles rodando a 1,14 GHz
  • ARM Mali-T720 como placa gráfica
  • Câmera principal de 13 megapixels (acompanhada de um LED para o flash)
  • Câmera frontal de 8 megapixels
  • Bateria de 4.100 mAh
  • Android Marshmallow como sistema operacional, modificado pela interface própria da LG

LG X Style

  • Ecrã de 5,0 polegadas, usando a resolução HD (1280 x 720 pixels) para a exibição de conteúdo
  • 1,5 GB de RAM
  • 16 GB de memória para o armazenamento interno
  • Entrada para cartão microSD
  • Chipset Qualcomm Snapdragon 410
  • Processador de quatro núcleos ARM Cortex-A53, cada um deles rodando a 1,2 GHz
  • Adreno 306 como placa gráfica
  • Câmera principal de 8 megapixels (acompanhada de um LED para o flash)
  • Câmera frontal de 5 megapixels
  • Bateria de 2.100 mAh
  • Android Marshmallow como sistema operacional, modificado pela interface própria da LG
Relacionado:
LG V30 não terá um display secundário, será algo ainda melhor?

Preço e disponibilidade

LG X Power e X Style irão custar cerca de US$ 200 e US$ 180, ( 161€ e 179€ ou R$ 720 e R$ 646) usando a cotação atual do dólar como base de conversão, desconsiderando os impostos que seriam cobrados no Brasil, respectivamente.