O Motorola Moto G é um smartphone que revolucionou o mercado e a prova é seu sucesso em várias partes do mundo. Já vimos que o dispositivo oferece uma boa relação hardware e software para seu custo, além de passar até mesmo por testes de resistência à água. Obviamente, esses ingredientes renderam boas vendas (os melhores resultados da história da Motorola). No entanto, apesar de ter poucos erros desde que foi lançado, ele já começou a sofrer um relacionado com a bateria.

Sendo um dispositivo nas mãos de alguns milhões de utilizadores no mundo, é normal que todos os erros que apresente sejam relevantes ao afectar um número considerável de utilizadores. O primeiro grande problema encontrado no smartphone é a bateria. E, aparentemente, já existem muitos utilizadores a reclamar que após terminar de recarregar a bateria do smartphone ele apresente apenas 1% de carga, e desligue instantaneamente. Os relatos apontam que, depois de alguns minutos, o dispositivo volta a apresentar corretamente os 100% de carga. Na verdade, o smartphone carrega a bateria, mas ocorre um erro que impede o reconhecimento da carga, forçando o desligamento do smartphone.

A Motorola já está ciente do problema, que é relatado desde novembro e afecta uma variedade de versões do Motorola Moto G em todo o mundo. Ainda não se pode afirmar que o problema é no hardware ou um erro de software, mas é claro que a empresa deve procurar apresentar uma solução brevemente.

Relacionado:
N de Nougat: Motorola divulga lista de dispositivos a atualizar para o Android 7.0

Seria um duro golpe para a imagem da Motorola, principalmente depois da venda para a Lenovo – deixando muitos utilizadores receosos quanto ao futuro da empresa.

O pessoal do DroidSkill já relatou prováveis falhas no carregador que acompanha o dispositivo, e que não consegue carregar o Moto G (confira o relato no vídeo abaixo).

Fonte: MobileXpert