A SD Assisciation (SDA), empresa que lida com as especificações dos cartões SD de todos os tipos, revelou a sua mais recente especificação, SD 5.1, incluindo uma nova distinção para cartões SD que são projetados para uso de aplicações, em vez de armazenamento multimédia. A nova especificação, chamada de “A1” (Aplication Performance Class 1), mostra que um determinado cartão SD atende a determinados padrões de desempenho estabelecidos pela SDA que determinam se é bom o suficiente para ser usado com um dispositivo de armazenamento de aplicações (ex: smartphones).

0B5CUt KUpXFUdTVISnhOWDAwUWM MicroSD com novo padrão apropriado para uso em smartphones imageA nova especificação SD 5.1 surge como uma resposta (muito atrasada) para a introdução do adaptável Armazenamento do Android 6.0 Marshmallow, que permite que os dispositivos Android possam usar um cartão SD como parte do armazenamento interno, em vez da simples memoria de armazenamento removível. Acontece que muitas pessoas têm tido imensos problemas ao usar cartões SD barato ou lentos em dispositivos que usam a memoria adaptável de armazenamento, e como isso pode ser prejudicial para a experiência de todo o telefone.

Para que um cartão SD possa ser considerado compatível A1, tem de fornecer IOPS de leitura aleatórios (acesso de entrada e saída por segundo) de 1500, escrever a 500 e desempenho sustentado sequencial de 10MB/s. Embora muitos cartões de topo já atendem a esses padrões no que toca a velocidades, mas na verdade não conseguem oferecer as mesmas de forma sustentada e com desempenho IOPS suficiente para o uso regular das aplicações.

Relacionado:
HTC Desire 10 Pro oficialmente apresentado


O emblema A1, em breve será encontrado nas embalagens dos cartões SD e, potencialmente em telefones e tablets que passaram pelo processo de certificação da SDA. Como as necessidades de maior velocidade a surgir a cada dia, a SDA tem dito que planeia introduzir maiores níveis de compatibilidade, ou seja, A2, A3 e assim por diante.

DEIXE UMA RESPOSTA