MediaTek liberta código-fonte do kernel 3.10 para o projeto Android One

A Google anunciou durante a sua conferência Google I/O 2014 o novo projeto chamado de Android One, que tinha como objectivo ajudar os fabricantes ao disponibilizar modelos referenciais de construção de hardware no momento da elaboração dos seus smartphones.

androidone.jpg

Desta forma, as empresas poderiam produzir dispositivos com recursos e preços interessantes para consumidores de mercados emergentes. O Android One ainda iria garantir que os telefones produzidos viriam com a versão mais recente do Android e também que recebem actualizações automáticas no momento em que elas forem lançadas. O primeiro desta linha vem da Micromax, uma das marcas mais populares na Índia. Além dela, temos outras com a Karbonn Mobile e a Spice Mobile que lançaram smartphones baratos e tendo como base as referências do Android One. Todos estes produtos usam hardware da MediaTek, e finalmente depois de tantos meses no mercado acabam de receber uma actualização do kernel do sistema.

mtk.jpg

O novo kernel do Linux 3.10.56 traz uma série de melhorias, como; Timerless Multi-tasking, que reduz a interrupção no momento do processamento e carregamento do sistema; Driver CPUfreq para melhorar o controle da frequência da CPU entre outras novidades. Com o melhor uso do hardware, é esperado que também haja um ganho na duração da bateria em todos os modelos. Agora, com o código-fonte disponibilizado pela MediaTek, vários programadores poderão trazer melhorias para o projeto One.

Relacionado:
Divulgada lista dos smartphones mais velozes referente ao mês de Agosto

E ainda  é importante referir que qualquer novidade implementada poderá ser usada em outros dispositivos que contenham o mesmo hardware. Isto mostra que não só a Google, mas também a MediaTeK, está empenhada em fazer o Android vingar em países emergentes, ainda mais pelo facto de que estes dispositivos Android One foram os primeiros a receber actualização para o Lollipop 5.1.

Deixem os vossos comentários.