A Huawei anunciou oficialmente à dias o seu mais recente SOC, o Kirin 960, e agora resta esperar pelo primeiro equipamento a vir equipado com o mesmo, que ao que tudo indica será o Huawei Mate 9. Na verdade, e segundo os últimos rumores com algum grau de credibilidade, poderão ser dois os modelos do novo topo de gama da Huawei, o Mate 9 e o Mate 9 Pro.
Mate-9-Pro-1.jpg

O Huawei Mate 9 Pro, e segundo os rumores, virá com ecrã curvo de 5,9 polegadas (conhecido como edge) e resolução QuadHd, que é a mesma resolução que virá no Mate 9. Ambos os equipamentos deverão ser equipados com o sistema de dupla câmara traseira certificadas pela Leica, que ainda possuem Zoom ótico de até 4x. É também dito que Mate 9 Pro será o telefone mais caro de sempre da Huawei, e até o seu preço foi exposto, com a indicação que será algo em torno dos 8800 Yuan, ou seja €1194 ou R$4075, para a versão mais “potente”.

huawei-mate-9-2.jpg

Recentemente, mais alguns detalhes do Huawei Mate 9 apareceram na rede social Weibo, extraídos a partir daquele que afirmam ser o manual de instruções ou de utilizador do dispositivo. Segundo vem lá descrito e detalhado, o Mate 9 virá com a característica dual SIM e com um dos slots a servir para o uso de cartões microSD. Há também um sensor de impressões digital na traseira do dispositivo, tal como no Mate 9 Pro.
Foram também confirmadas as câmaras traseiras com assinatura da Leica com dual flash, o módulo de foco laser, um sensor infravermelho também é listado no manual, entre outros detalhes.

Quando vi o preço, confesso que fiquei assustado. Os preços começam a ficar estranhamente altos, quando a tendência deveria ser a sua descida. Mas vamos esperar para que os dispositivos sejam oficializados pela fabricante.

Relacionado:
Android Nougat chega hoje oficialmente ao HTC 10

2 COMENTÁRIOS

  1. Realmente será brutal..
    Mas acho que huawei está a ir pelo caminho da Samsung e da Apple em relação aos preços.
    Xiaomi mi note 2 vai custar metade do preço

  2. Absolutamente espantoso! Acredito que será uma “besta”! Mas, estou de acordo consigo; o preço é assustador!

Comments are closed.