Há alguns meses, a Lenovo anunciou duas grandes novidades. Primeiro, o actor e investidor Ashton Kutcher tornou-se “engenheiro de producto” da empresa; segundo, ela revelou o Yoga Tablet com Android – apresentado pelo próprio Kutcher. O problema é que eles não acertaram na receita, e a recepção ao tablet foi fraca. Agora é a vez de a Lenovo tentar novamente com seu Yoga Tablet 10 HD+.

O maior diferença deste tablet são os seus três modos: “hold mode”, para segurá-lo na mão; “stand mode”, para deixá-lo em pé; e “tilt mode”, para deixá-lo inclinado numa superfície plana. Para alternar entre esses modos – como na imagem acima – podes usar um pequeno kickstand embutido na traseira, ou segurar o tablet no cilindro anexo ao ecrã, que muda a distribuição do peso.

O seu ecrã IPS de 10,1 polegadas tem resolução 1920×1200. Ele tem processador Snapdragon MSM8228 quad-core. (A versão Wi-Fi tem processador Snapdragon APQ8028.) Por dentro, tem 2 GB de RAM e 16/32 GB de armazenamento com suporte a microSD.

%name Lenovo tenta melhorar receita de Android conversível com Yoga Tablet 10 HD+ image

Tudo isso deve resolver os problemas do seu antecessor, o Yoga Tablet 10, também com Android. Com resolução de apenas 1280×800 pixels, ele “tinha cores desbotadas e exibia bordas serrilhadas e texto pixelado em todo o lado”, diz o The Verge. A resolução ajudava a garantir 18 horas de bateria, mas não agradou. Além disso, o Yoga Tablet 10 usava um processador da MediaTek que, de acordo com o Engadget, era “muito lento até no uso diário”, não só com aplicações pesadas.

Relacionado:
Novo vírus usa imagens do Facebook e LinkedIn para se espalhar

No novo Yoga Tablet 10 HD+, também existe uma câmera traseira de 8 megapixels, mais uma câmera frontal de 1,6 MP. Na frente, há altifalantes com som Dolby, e um microfone com redução de ruído. E o tablet continua a prometer 18 horas de autonomia, com bateria de 9.000 mAh. São 615 g, praticamente o mesmo peso do seu antecessor.

Ele corre Android 4.3 personalizado pela Lenovo, prestes a ser actualizado para KitKat 4.4. E o tablet será barato, deverá custar US$349 (sensivelmente €250) quando for lançado, ou seja, provavelmente em Abril. Com um novo ecrã e processador melhorado, será que o Yoga Tablet 10 HD+ tem hipoteses de vingar? É possível.

Ashton Kutcher não voltou para apresentar este novo tablet.

Fonte: Gizmodo & Lenovo