Foi esta semana que ocorreu o evento da Lenovo  durante o evento Tech World,  e onde foi apresentado a sua nova linha de top de smartphones, a linha Moto Z.

motoz.jpg

Substituindo as versões da linha Moto X,  trazendo algumas novidades, para além do seu design renovado,  bem como corpo metálico.

Além disso, estreiam novos acessórios modulares, que se encaixam na traseira para conferir funções adicionais, algo que já tinha sido mencionado aqui, mas depois da conferencia ficamos com as confirmações

Segue então o que foi apresentado e o que podemos esperar da nova linha da Lenovo.

Moto Z

Especificações:

  • Tela de 5,5 polegadas QuadHD (2560 x 1440 pixeis, 535 ppi)
  • Processador Snapdragon 820 de 2.2GHz com GPU Adreno 530
  • 4 GB de RAM
  • 32 GB ou 64 GB de armazenamento com expansão via microSD
  • Câmara traseira de 13 megapixeis de 1,12 micrômetros, com f/1.8 de abertura, OIS e foco a laser
  • Câmara frontal de 5 megapixeis
  • Leitor de impressões digitais frontal
  • Bateria de 2.600 mAh com carregamento rápido
  • Entrada USB-C (sem entrada jack3.5)
  • 5,2 mm de espessura, 136 g
  • Android 6.0.1 Marshmallow

Este equipamento vem com um ecrã de 5,5 polegadas AMOLED com resolução Quad HD e design bastante “slicl”, elagante, com espessura de 5,2 mm e peso de 136 g.

Moto z é fino por fora, pesado por dentro

Com hardware invejável a muitos o Moto Z, vem com um processador Snapdragon 820, 4 GB RAM e opções com 32 GB ou 64 GB de ROM com expansão via microSD.

Relacionado:
Dispositivos Nexus receberão o Android 7.1 ainda durante o mês de Outubro

Na sua traseira, o famoso sensor que nos faz lembrar algo conhecido nosso o Moto 360, com 13 megapixeis equipado com lente com f/1.8 de abertura, estabilização óptica de imagem (OIS) e foco a laser.

A bateria tem capacidade de 2.600 mAh, e segundo a Lenovo, oferecer até 30 horas de uso moderado.

O ponto polémico e que possivelmente não vai agradar a maioria das pessoas é a sentencia da entrada convencional Jack 3.5 para os para auriculares

Uma vez que o Moto Z tem um corpo bastante fino, a única porta disponível é a USB-C, que também serve para recarga rápida.

 

Moto Z Force

Especificações:

  • Tela de 5,5 polegadas QuadHD (2560 x 1440 pixeis, 535 ppi) com protecção Shattershield contra quedas
  • Processador Snapdragon 820 de 2.2GHz com GPU Adreno 530
  • 4 GB de RAM
  • 32 GB ou 64 GB de armazenamento com expansão via microSD
  • Câmara traseira de 21 megapixeis de 1,12 micrômetros foco com detecção de fase e tecnologia Deep Trench Isolation
  • Câmara frontal de 5 megapixeis
  • Leitor de impressões digitais frontal
  • Bateria de 3.500 mAh com carregamento super-rápido, com 50% em 15 minutos
  • Entrada USB-C (sem entrada jack3.5)
  • 7 mm de espessura
  • Android 6.0.1 Marshmallow

O segundo equipamento apresentado pela Lenovo é o Moto Z Force.

Grande destaque, para esta versão é a  bateria, que traz 3.500 mAh de capacidade para fazer o aparelho durar por dois dias.

Relacionado:
Moto Z com oferta de desconto da Motorola

Fora que consegues recarregar 50% da bateria em apenas 15 minutos. Outro grande destaque é o seu ecrã der  alta resistência a quedas, que segundo a Lenovo, torna o display praticamente indestrutível.

Por ultimo, a ultima diferença  entre o Moto Z  Force em relação ao Moto Z  é a sua câmara, que salta para 21 megapixels na traseira.

MotoMods

Como era de esperar, a Lenovo também aproveitou o evento para oficializar as MotoMods, acessórios que dão carácter modular à nova linha Moto Z.

Com o formato de “cases”, este extras encaixam-se na traseira dos equipamentos da linha Z, de modo a incrementar uma função específica, dependendo da necessidade do usuário, tentativa da  Lenovo passar à frente no conceito de modulação face à LG.

Estas pecas serão vendidas separadamente, e para já do que sabemos, serão dedicadas à fotografia, áudio, vídeo e possíveis outras.

A Lenovo criou uma plataforma de desenvolvimento, de modo a que fabricantes independentes possam criar os seus MotoMods, e ainda oferecem um 1 milhão para o melhor.