Para quem se lembra, no passado dia 13 falamos aqui da certificação do Lenovo K5 Note pelo órgão regulador chinês, o TENAA.
E agora eis que a Lenovo decidiu finalmente lançar oficialmente o dispositivo, que tal como os seus antecessores vem com uma relação de qualidade e preço muito acima da média.

A primeira grande diferença passa logo pelo corpo do dispositivo que agora é totalmente em metal, tal como o já quase indispensável leitor de impressões digitais. Mas aqui ficam as suas características técnicas:

  • Ecrã de 5,5 polegadas com resolução Full HD (1920 x 1080)
  • MediaTek Helio P10 octa-core de 64-bit a 1.8GHz
  • GPU Mali-T860
  • 16GB de armazenamento interno com possibilidade de expansão via cartão microSD;
  • 2GB de RAM
  • Câmara principal de 13MPx
  • Câmara Frontal de 8 MPx
  • Bateria de 3.500mAh com carregamento rápido
  • Dual SIM (4G/LTE) e VoLTE
  • Android 5.1 Lollipop com a interface Vibe UI
  • Altifalantes com tecnologia Dolby Atmos
  • leitor de impressões digitais

 

Conforme podemos verificar, a Lenovo não deixou ficar mal com o seu K5 Note e deu seguimento aquele que foi provavelmente o seu smartphone mais solicitado, o K3 Note.
O K5 Note já se encontra a ser vendido na china por uns brilhantes RMB 1.099 que dá sensivelmente €155 ou R$685, isto em conversão directa.

Relacionado:
Moto Care é o seguro de vida dos dispositivos da Motorola

O dispositivo vem de fábrica com o Android 5.1.1 Lollipop, mas a Lenovo já prometeu a actualização para o Android 6.0 Marshmallow, ainda para o decorrer de 2016.

Pessoalmente penso que a Lenovo acertou em cheio, e se o dispositivo chegar a outros mercados com esse preço tão competitivo, então temos um dispositivo muito forte no plano dos intermediários.
Para aqueles que nos seguem a algum tempo, devem-se lembrar dos alargados elogios que demos ao K3 Note aquando da analise que fizemos ao dispositivo.

 

 

FONTE

 

 

1 COMENTÁRIO

Comments are closed.