Com a queda de 14% das vendas da Apple no ano 2015 com a estagnação das vendas da Samsung no mesmo período, a Huawei pretende e acredita que pode ultrapassar os 25% de quota de mercado nos próximos cinco anos, e assim tornar-se líder de mercado.
Os sinais de crescimento da fabricante chinesa são notáveis, uma vez o seu volume de vendas de smartphones aumentou 59% face ao ano passado.

“Queremos ser o fabricando número 1 de smartphones no mundo. É uma corrida de longa distância e nós temos paciência” – afirmou Richard Yu, responsável pelo negócio de eletrónica de consumo da empresa, durante uma conferência de tecnologia promovida pelo The Wall Street Journal, em Hong Kong.

richard-yu-huawei.jpg-1880x1440.jpg

Será que a Huawei vai conseguir chegar ao topo também no mercado de smartphones? É que a par da sueca Ericsson, a Huawei é uma das maiores fornecedoras mundiais de equipamento de telecomunicações, e só nos últimos anos tem vindo a crescer no fabrico de smartphones.

Tem um equipamento da Huawei? Qual é a sua opinião sobre ele? Dê-nos a sua opinião sobre as pretensões da fabricante chinesa.

Relacionado:
Honor 8 atinge as 1,5 milhões de unidades vendidas