Uma das maiores preocupações dos consumidores quando investem num smartphone ou tablet com Android é saber até quando o fabricante irá manter o aparelho actualizado com a versão mais recente do sistema operativo, e parece que para alguns clientes da HTC essa preocupação acaba de se tornar uma realidade.

A empresa disse na sua conta oficial do Twitter, que o HTC One X+ não mais será actualizado e permanecerá com o Android 4.2.2. Mais tarde, depois de contactada pelo portal The Verge, a empresa confirmou que o HTC One X também ficará restrito ao Android 4.2.2 com a interface Sense 5.

O próprio fabricante diz estar ciente que essa notícia irá desagradar muitos consumidores, o que já era de esperar tendo em vista as especificações dos aparelhos. O HTC One X conta com ecrã HD 720p de 4.7 polegadas, processador NVIDIA Tegra 3 quad-core a 1.5 GHz acompanhado por 1 GB de RAM. O One X+ foi uma actualização lançada alguns meses depois, trazendo um novo processador Tegra 3 quad-core a 1.7 GHz, um novo GPU, melhoria nas câmeras e uma bateria um pouco maior.

A HTC não entrou em maiores detalhes sobre a decisão, mas não é a primeira vez que a companhia faz isso. No ano passado a empresa também anunciou que não iria actualizar o One S – um smartphone mais do que capaz de funcionar com as novas versões do Android mas ficou preso no 4.1.1.

Relacionado:
HTC 10 terá Nougat em Dezembro no velho continente

Se a HTC já não tinha muito boa cotação perante a minha pessoa, acho que foi desta que completamente riscada. Estamos a falar de telefones bem capazes que de correr o sistema operativo Kitkat, sem qualquer tipo de problema, e o fabricante pura e simplesmente desiste das atualizações.

O que achas deste assunto? achas que é correcto que a HTC faz aos seus consumidores?

Fonte: HTC no Twitter