Aparentemente está descoberta a razão pela qual ainda não vimos o poderoso Helio X20 em nenhum equipamento, vimos muitos Leaks e rumores mas nenhum se concretizou até ao momento. Segundo as últimas informações isto dever-se-á ao sobre aquecimento deste componente quando sobre stress.

Este não o primeiro super processador a sofrer desta problemática, no ano passado vimos o Snapdragon 810 passar por vários relatos de sobreaquecimento, o que levou vários fabricantes a trocarem o super processador da Qualcomm pelo Snapdragon 808.

2015-05-12-image-3.png

Em 2016, a história repete-se, mas trocam os intervenientes sai a Qualcomm do lugar de vítima e entra a MediaTek. O Helio X20 foi apresentado em maio de 2015, como o primeiro chipset com dez núcleos de processamento, a demora em que o componente seja usado por algum fabricante deixa algumas dúvidas no ar.

O motivo do Helio X20 ainda não ter sido utilizado por nenhum fabricante estaria no facto de que o SoC aquece mais do que devia. Apesar de não se encontrar no mesmo patamar de sobre aquecimento do Snapdragoon 810.

Além disto, foi relatado que MediaTek está a tentar resolver outro problema envolvendo este chipset: falha de conexão com redes Wi-Fi, esta questão á partida mais fácil de resolver com um update de firmware.

O Helio X20 traz dois núcleos Cortex-A72 que correm na velocidade máxima de 2,5 GHz, garantindo um grande desempenho. Para assegurar um consumo equilibrado, existe um segundo processador contando com quatro núcleos Cortex-A53  a 2 GHz. Estes são os responsáveis pela maior parte das solicitações enviadas à CPU. Para as tarefas mais simples temos um terceiro bloco com mais quatro núcleos Cortex-A53 a 1,4 GHz, que executam as tarefas mais básicas sem um consumo excessivo de energia.

Relacionado:
ZUK Edge aparece no Antutu com Snapdragon 821, 6GB de RAM e Android Nougat

Além da arquitectura CPU citada, o Helio X20 conta com GPU Mali-T880 com quatro núcleos (à semelhança do Kirin 950). Para processar temos áudio e texto sem precisar despertar a CPU principal temos o coprocessador Cortex-M4.

Falou-se que este Helio X20 seria usado por diversas marcas como a Meizu , Xiaomi, Lenovo e HTC mas na verdade nada ainda se confirmou. Provavelmente as marcas perceberam o impacto negativo que um componente com problemas pode trazer às vendas e em último caso á imagem da marca e provavelmente só apostarão no Helio X20 quando houver garantias de que os problemas se encontram solucionados.

4 COMENTÁRIOS

  1. O chipset tem specs para fazer frente aos Snapdragons e Kirins esperamos que resolvam as questões para que haja mais concorrência:)

Comments are closed.