A aplicação Pashto Afghan News foi retirada da Google play store dias antes de  se ficar online.

0B5CUt KUpXFURkJ3RmhkbW5Bc00 Google retira aplicação talibã da Google store image

Uma aplicação desenvolvida pelo grupo de talibãs foi retirada da Google play store dois dias depois da aplicação ter sido lançada em traduzida em Inglês.

Esta aplicação iria permitir os seus utilizadores aceder directamente ao site do grupo Pashto, que faz parte de uma campanha digital por parte dos talibãs de ganhar audiência, e recrutamento para a IS, actualmente o website encontra-se em cinco línguas, no qual inglês e Arábico.

O conteúdo da aplicação que vinha com o nome de “Pashto Afghan News – alemarah” continha vídeos e declarações oficiais do grupo.

Os especialistas dizem que a aplicação iria servir para rivalizar com estado Islâmico, que já é conhecido por usar plataformas digitais de modo a fazer auto promoção.

O grupo mantêm uma presença forte das redes sociais “Facebook” e “Twitter”, apesar dos esforços feitos pelas respectivas redes tentarem remover as contas.

O facto de a aplicação ter sido aceita na loja pode se tornar problemático para a Google, uma vez que no passado a aplicação já tinha sido permitida na mesma de forma aberta, sendo que as aplicações apenas serão retiradas uma vez que forem assinaladas como sendo perigosas ou inseguras, que terá sido agora o caso uma vez que apareceu traduzida em inglês.

Relacionado:
Meizu M3 Max é apresentado oficialmente

No entanto no mês passado a Google veio a confirmar que já tinha um método de validação prévia antes das aplicações serem aceites na loja, por isso fica a questão de como a aplicação desenvolvida pelo grupo de talibãs consegui passar essa barreira imposta.

Segundo informações prestadas pela Google ao Jornal Inglês “the Guardian

“Apesar de não comentarem sobre a específica aplicação, a mesma foi retirada da Google play por violar as suas políticas”

“As nossas politicas foram desenhadas para promover uma boa experiência paras os utilizadores e developers(programadores)”

Por isso é que a mesma foi retirada da loja.