Google está a preparar uma atualização que pretende ajudar os seus utilizadores a encontrar rapidamente informação sobre sintomas médicos.

0B5CUt KUpXFUZkxteHE5SG1WTjQ Google em breve pode ajudar te a identificar sintomas de doenças image

Através de post no seu blog oficial, o Google diz que 1% das suas pesquisas estão relacionados com sintomas.

No entanto, pode ser difícil de obter respostas específicas com resultados de pesquisa normais. A atualização desta pesquisa “medica” é desenhada de modo a tornar esse processo mais fácil.

Por isso, começando já nos próximos dias, quando perguntarem Google sobre sintomas como “dor de cabeça de um lado,” o Google pretende mostrar-lhe uma lista de doenças relacionadas ( “dor de cabeça”, “enxaqueca”, “cefaleia de tensão”, “cefaleia em salvas”, “sinusite”, e “gripe comum”).

Para sintomas individuais, como “dor de cabeça“, o Google já vai uma descrição visão geral, juntamente com informações sobre as opções de auto-tratamento e o que poderia justificar a visita de um médico.

Ao fazer isso, o objectivo é ajudar o utilizadores a navegar e explorar as condições de saúde relacionados aos seus sintomas, e rapidamente chegar ao ponto onde podem fazer mais pesquisas em profundidade na Web ou até conversar com um profissional de saúde.

Google criou uma lista, através dos resultados mais pesquisados em combinação com a informação médica da sua Knowledge Graph:

“Nós trabalhamos com uma equipe de médicos a avaliar cuidadosamente as informações sintoma individual, e especialistas da Harvard Medical School e Clínica Mayo avaliou as condições relacionados para uma amostra representativa de pesquisas para ajudar a melhorar as listas que mostramos”

A atualização de pesquisa por sintomas vai ser lançada nos próximos dias, e estará disponível pela primeira vez nos EUA Google diz que os resultados de pesquisa médica são apenas para fins informativos e que as pessoas devem sempre consultar um médico para obter aconselhamento médico sólido.

Relacionado:
Samsung espera vender 60 milhões do Galaxy S8

Agora fica a pergunta uma vez que os Portugueses são por norma um povo hipocondríaco e com mania da auto ajuda e da auto medicação, quando é que esta atualização irá ficar disponível fora dos EUA, não sabemos mas mal podemos aguardar.