A Google lançou ontem oficialmente o Pixel, o seu mais novo smartphone que nos chega em duas versões. A novidade chega com o intuito de fazer frente aos concorrentes diretos, como o iPhone 7.

0B5CUt KUpXFUclpfc3JYX2ZsYWs Google apresenta oficialmente os seus novos smartphones image
A integração do fabuloso assistente pessoal da Google, o Assistant, e a possibilidade de armazenamento ilimitado de vídeos e fotografias através da Google Cloud são os maiores destaques do Pixel, que já está disponível para pré-encomenda em cinco países – EUA, Reino Unido, Austrália, Canadá e Alemanha. Não há, para já, informação sobre a disponibilidade em Portugal. O preço, no mercado norte-americano para a versão de 5 polegadas é de 649 dólares (sensivelmente €579 ou R$2115).

Outro dos grandes destaques dos smartphones é a sua poderosa câmara, de 12,3MPx que recebe 89 pontos de classificação da consultora DXOMark, onde o valor mais elevado de sempre num smartphone eram os 86 pontos do iPhone 7.

Mas vamos ás características técnicas:

Google Pixel

  • Ecrã AMOLED 2.5D de 5 polegadas com resolução FullHD com 441PPI e proteção Gorilla Glass 4
  • Qualcomm Snapdragon 821
  • GPU Adreno 530
  • 4GB LPDDR4 RAM
  • 32 ou 128Gb de armazenamento interno
  • Câmara principal de 12,3 MPx – Sony IMX378 de 1.55μm com PDAF + LDAF e abertura f/2.0
  • Câmara Frontal de 8MPx – Sony IMX179 de 1.4µm com abertura f/2.4
  • Sensor de impressão digital
  • Bateria de 2,770 mAh
  • Android 7.1 Nougat
Relacionado:
Gionee M2017 com especificações e imagens mostra bateria de 7000 mAh, Dual camera e ecrã curvo 2K


Google Pixel XL

  • Ecrã AMOLED 2.5D de 5,5 polegadas com resolução QuadHD com 534PPI e proteção Gorilla Glass 4
  • Qualcomm Snapdragon 821
  • GPU Adreno 530
  • 4GB LPDDR4 RAM
  • 32 ou 128Gb de armazenamento interno
  • Câmara principal de 12,3 MPx – Sony IMX378 de 1.55μm com PDAF + LDAF e abertura f/2.0
  • Câmara Frontal de 8MPx – Sony IMX179 de 1.4µm com abertura f/2.4
  • Sensor de impressão digital
  • Bateria de 3,450 mAh
  • Android 7.1 Nougat

0B5CUt KUpXFUb0drdFVIUzNEbVU Google apresenta oficialmente os seus novos smartphones image

Mas não é apenas pelas características técnicas, e estéticas, que a Google quer convencer os seus clientes. Como fez questão de dizer o novo diretor para dispositivos da empresa, Rick Osreloh, o Pixel “representa o melhor em hardware e software feito pela Google”.
Pessoalmente o que mais gostei, foi o facto do telefone trazer ainda o Google Assistant, o serviço de “inteligência artificial” que inclui o Google Now, aquilo que os utilizadores do iPhone chamar-lhe-ão “a Siri da Google”. Alias, após assistir e evento de apresentação da Google, fiquei com a sensação que o Google Assistant é a base de tudo aquilo que a gigante das pesquisas nos apresentou, uma vez que também é a base do Google Home, que falaremos depois.

Pedir ao Google Assistant para encontrar uma fotografia, verificar que concertos estão agendados para o pavilhão que está numa imagem, ver que restaurantes existem nas imediações, partilhar a informação com um amigo e reservar uma mesa para jantar antes do espetáculo foram algumas das possibilidades demonstradas na apresentação em São Francisco. O Assistant, afirmam os responsáveis do Google, tem capacidades evolutivas e a sua inteligência artificial expandir-se-á através da interação com o utilizador e da consulta do Knowledge Graph, a gigantesca base de dados do motor de busca.

Relacionado:
Eclipse Android Developer perde suporte da Google

Para quem não assistiu ao evento da Google e pretende assistir, aqui fica… mas lembre-se foram quase 2 horas de evento: