Os consumidores não estão contentes com a Samsung desde do fiasco com Galaxy Note 7, nem com a recolha dos mesmos, e de forma a reconquistar a confiança dos seus utilizadores, a sul Coreana veio anunciar uma campanha que envolve a aquisição de um Galaxy S8 ou Note 8 por metade do preço.

A Samsung veio anunciar um “programa” que permite aos proprietários do Galaxy Note 7 a possibilidade de trocarem os seus equipamento antigos por um novo “Galaxy S7 ou S7 edge”, a  metade do preço, no entanto este programa ainda só será aplicado na Coreia do sul.

A ideia é para todos aqueles lesados com a aquisição de um Galaxy Note 7, possam adquirir um novo equipamento a um preço reduzido, e para todos aqueles que já entregaram o Note 7 depois de dia 11 de Outubro, também se podem candidatar ao programa, mas existem condições especificas, mais precisamente desde que façam mais tarde o upgrade para o próximo modelo de topo da Samsung.

Que neste caso será o Samsung Galaxy S8 ou Note 8.

Os proprietários do Note 7 apenas terão que pagar metade do preço do seu novo Galaxy (S7 ou S7 edge), que pode ser pago em prestações de 12 meses, até a troca do mesmo pelo próximo modelo a sair, onde ai terão que pagar a diferença que falta do preço total do Galaxy S8 ou Note 8, que também poderá ser pago em mais 12 meses.

Relacionado:
Flash é a resposta do Facebook ao Snapchat

A Samsung têm feito muitos esforços para conseguir reconquistar a confiança dos seus consumidores através de várias  iniciativas de compensação, logo após ter colocado um ponto final na produção do Note 7, depois de várias polémicas sobre várias explosões dos equipamentos.

Já em Portugal, foram poucas pessoas a receber o equipamento, mas se vocês foram um dos que compraram um Galaxy Note 7, digam-nos que acham sobre esta nova iniciativa.

 

3 COMENTÁRIOS

  1. Fiz a pré-compra no 1º ou 2º dia da promoção de lançamento, na Vodafone. A promoção foi depois terminada antecipadamente a 24/8. Recebi a 1/9 com data de factura de 31/8, porque foi a 1ª data de entrega possível à Vodafone. A Samsung Portugal recusou entregar os Oculus da promoção, por causa da data de factura. Não quiseram saber de mais nada, nem mesmo quando a própria Vodafone os contactou e explicou. Queriam data de factura antes do 24, antes da data de venda, quando nem havia telefones para entrega pela Vodafone. Entretanto a 2/9 a Vodafone pediu o telefone de volta porque já tinha havido problemas. Recusei. Troquei depois pela 2ª versão. Vou ficar com este bastante mais tempo, simplesmente porque não há nada que se lhe assemelhe. O telefone é fabuloso. Mas quem dera ter cá a Samsung Coreia, em vez da nacional. Esse tratamento (desconto, etc..) é perfeitamente impossível quando nem a promoção inicial honraram cá. Nos USA, Coreia, e provavelmente outros países a seguir, há realmente cuidado mínimo com os clientes, e interesse em fidelizá-los. Cá….. Espero que outra marca lance algo aceitável com caneta, para poder votar com a carteira.

  2. Tive o note cerca de um mês e foi o melhor telemóvel até hoje fabricado. Agora tenho o s7 edge e não tem nada a ver. Espero que quando sair o s8 me façam a retoma deste para ficar com o note 8. Este s7 edge é um telefone vulgar como o s6.

  3. não cheguei a compra porque já estava decepcionado com a samsung tenho um notebook RV411 e não consigo atualizar e tenho um samsung galaxy note SM-N9005 e ainda esta na versão Android 4.42 e até o momento ela não fala nada indicando que a samsung e inviável!

Comments are closed.