Depois de três companhias aéreas da Austrália proibirem os passageiros de usar ou carregar aparelhos do modelo Galaxy Note 7, da Samsung, durante os voos, a TAP faz o mesmo e faz esta advertência no seu site oficial.

O Samsung Galaxy Note 7 teve uma estreia difícil. Não só vai ser recordado como o produto recolhido logo após o lançamento por problemas de bateria, como surgiram diversas histórias de horror sobre telefones explodindo em situações mais ou menos aparatosas.

Recomendações para o transporte de telemóveis Samsung Galaxy Note 7

Devido aos recentes incidentes registados com os telemóveis Samsung Galaxy Note 7 e conforme recomendado pela FAA (Federal Aviation Administration) e pela EASA (European Aviation Safety Agency), caso tenha este telemóvel pedimos o seguinte:

 

  • Não utilize o telemóvel a bordo, o mesmo deverá estar desligado;
  • Não carregue o telemóvel a bordo, seja através de carregador portátil ou através das tomadas a bordo;
  • Não o transporte na sua bagagem de porão;
  • Caso verifique alguma anomalia, por exemplo se o mesmo estiver danificado, a sobreaquecer, a deitar fumo, etc., avise de imediato um membro da tripulação.

note7_1.jpg

Desconhece-se se os comissários de bordo desta companhia aérea estão a ser treinados para olhar para este dispositivo específico, ou se vão ser capazes de detectar as diferenças entre modelos semelhantes, como o Note 5 ou o Galaxy S7 Edge.

Podem consultar o comunicado da TAP neste LINK , ou ver a mensagem completa na imagem abaixo:

Relacionado:
Dispositivos Nexus receberão o Android 7.1 ainda durante o mês de Outubro

tap_note7.jpg

Apesar de o processo de recolha estar a correr (vagarosamente). Para prevenir qualquer incidente, a Samsung vai lançar uma atualização de software que vai impedir os dispositivos de carregar a bateria acima dos 60% de capacidade.

A Associated Press (AP) cita um jornal coreano, Seoul Shinmun, que publicou um anúncio de primeira página onde a Samsung alerta que vai efetuar a atualização de software. A AP avança que o fabricante vai começar a colocar na Coreia do Sul novos telefones sem problemas de bateria a partir do dia 19 de setembro. A empresa recebeu até agora 70 reclamações provenientes dos Estados Unidos e uma do Canadá.