Muitas vezes é-nos perguntado como é que podemos usar o flashplayer no Android, mesmo depois da Adobe resolver retirar o Flash Player da Google Play. A empresa anunciou (á bastante tempo) que o produto seria descontinuado para o mercado dos dispositivos móveis. Ou seja, não há mais actualizações da ferramenta mesmo para quem ainda a possui no seu aparelho com Android.

Ainda assim isso não significa que a empresa deixou completamente de oferecer suporte a falhas de segurança ou bugs críticos, porém não serão mais lançadas edições compatíveis com as novas versões do Sistema Opertativo.

O grande problema neste facto é que muitos sites ainda utilizam o Flash para a exibição do seu conteúdo. Entretanto, ainda há uma maneira de se instalar e usar o Adobe Flash Player. Queres saber como?

 

Instalar a aplicação

 

O primeiro passo para realizar a instalação é efectuar o download da aplicação.
Se tens a versão 4.0 ou superior do Android faz download da aplicação aqui.
Se tens a versão anterior á versão 4.0 então faz download da aplicação aqui.

Feito isso, transferr o APK para o teu aparelho com Android. Como uma forma alternativa de realizar a tarefa, podes fazer o download directamente no teu tablet ou smartphone. Em seguida, é preciso habilitar a instalação de programas de fontes desconhecidas. Para isso, entre nas configurações aparelho.

Relacionado:
Fã de ecrãs pequenos? A Samsung lançou o Galaxy J1 Mini Prime com ecrã de 4 polegadas

Seleciona o separador “Segurança”, e aí activa a opção “Fontes desconhecidas”.

 

%name Flash Player: Como instalar e usar no teu Android image

 

Agora, vamos realizar a instalação. Começa por localizar o Adobe Flash Player armazenado no smartphone por meio do gestor de ficheiros da tua preferência e clicka sobre a aplicação. Nesse ponto, talvez seja necessário escolher o “instalador”, conforme as configurações do seu aparelho, mas, normalmente, ambas as opções exibidas são capazes de concluir a tarefa. Uma vez exibido o ecrã de confirmação, escolhe a opção “Instalar”.

 

%name Flash Player: Como instalar e usar no teu Android image

 

Feito isso, basta esperar que termine do procedimento de instalação para que o programa seja instalado no aparelho. No final do processo, uma mensagem informativa de sucesso de instalação será apresentada.

 

%name Flash Player: Como instalar e usar no teu Android image

 

Utilizar o plugin

 

Uma vez instalado o Adobe Flash Player, ainda é necessário utilizar um browser que seja capaz de utilizar o plugin desse programa, visto que muitos já não oferecem tal suporte. Talvez uma das melhores alternativas ainda seja o Mozilla Firefox, sendo um dos browsers mais populares que ainda oferecem a função.

Logo que o browser seja instalado, ele já passa a oferecer o suporte para o plugin do Flash. Porém, podes modificar as configurações para que ele seja carregado automaticamente ou somente quando selecionado. Para isso, abre o Firefox e clicka no botão de configurações do teu telefone ou tablet.

Em seguida, escolhe o separador “Configurações” e clicka na opção “Plugins”. Podes aí verificar que há duas opções para quando eles estiverem habilitados: “Ativados” (para manter todos os plugins sempre ativos) ou “Ativar ao tocar” (para que eles funcionem somente mediante autorização). Também há como mantê-los sempre desativos, mas não é uma opção interessante para quem utiliza o Flash frequentemente no browser.

Relacionado:
Botões Virtuais do Android 7.1 agora acompanham a rotação de ecrã

 

%name Flash Player: Como instalar e usar no teu Android image

 

Pode selecionar a opção que achares mais apropriada para o teu uso, porém não posso deixar de deixar aqui o aviso. Pelo facto de que o Adobe Flash Player não receber mais actualizações para o Android, correr versões antigas pode representar um risco de segurança para o teu aparelho. Por isso, o ideal é mantenhas os plugins activos mediante autorização.

Desta forma, evitas que esse e outros plugins sejam executados automaticamente, reduzindo o risco de uma possível falha de segurança tornar o teu dispositivo vulnerável.

 

 

 

 

Fonte: Tecmundo

PARTILHAR
Artigo anteriorFacebook para Android ultrapassa a barreira de 1 bilião de instalações
Próximo artigoIFA 2014: Samsung anuncia Galaxy Note 4 e a nova S Pen
Fundador do Androidgeek.pt ,trabalho em TI há dez anos. O desafio de gestão de equipas com foco nas necessidades do mercado deu-me o background certo para abraçar vários projetos online, nos quais aproveito a minha experiência em duas das minhas paixões: Tecnologia e Escrever. Sou um profissional dedicado com vasta experiência em todas as áreas de Gestão de TI e Gestão de serviços na área de Tecnologias de Informação. Sou apaixonado por tecnologia, Android, Publicidade, Marketing Digital e posicionamento estratégico.