Já entrámos em 2016 e a taxa de penetração do Android 6.0 Marshmallow  é mínima na maior parte dos fabricantes. Esperamos que o novo ano comece com os Updates que os consumidores desejam e merecem, porque como sabemos o que não falta são equipamentos com especificações mais que suficientes para correr as versões mais recentes do sistema operativo Android que foram “esquecidos” pelos fabricantes. O que é importante salientar é que quando uma marca se faz de “esquecida” relativamente aos updates de equipamentos , está na realidade a esquecer os utilizadores que os compraram, e desta forma a confiança na marca pode ficar irremediavelmente danificada.

A informação que trazemos hoje é de que os equipamentos Flagship Samsung lançados desde 2014 irão receber a versão 6.0 do sistema operativo Android.

s5_android6.0.jpg

 

A Samsung tem como hábito lançar pelo menos duas grandes actualizações para os seus Flagships, isto tem sido válido para os modelos da família Galaxy S e Note desde os  primeiros exemplares. No caso do Galaxy S5 lançado no início de 2014, esta edição será a 6.0 Marshmallow, o que é uma boa novidade se tivermos em conta que o equipamento saiu com Android 4.4 Kit Kat.

Desde há algum tempo têm surgido informações mais ao menos oficiais que indicam que a empresa Sul Coreana se encontra a testar Marshmallow nos  Galaxy Note 4 e Galaxy Note Edge . Outro ponto a ser destacado é que o mesmo se aplica às variantes do Galaxy S5, como o caso do S5 LTE-A e do S5 Active. Ainda que estes equipamentos tenha tido um número de vendas muito baixo comparativamente.

A Samsung não está a fazer nenhum favor aos seus clientes, antes pelo contrário a cumprir uma obrigação e de certa forma um investimento na imagem da marca. No entanto irão ficar de fora (para já) dispositivos que contam com hardware mais que suficiente para correr a nova versão de Android como os casos do Galaxy Note 3 e até mesmo do Galaxy Alpha.

Relacionado:
Nokia D1C em dose dupla com duas variantes de hardware

Não há ainda datas confirmadas para a disponibilização destes updates para os utilizadores finais, mas podem contar com eles mais próximo da data de lançamento do Android N.

FONTE

9 COMENTÁRIOS

  1. Eu já aprendi a lição: Samsung, LG, Huawei, Motorola, Wiko, BQ, são tudo “farinha do mesmo saco”. Para vender, tudo bem, mas para dar suporte e atualizar os seus equipamentos, ta quieto…. Quem quiser a nova versão de Android que invista num novo, mesmo que tenha desembolsado 300€ há meio ano….
    Por essas e por outras é que me limito aos Nexus, apesar de serem fabricados pelas marcas acima referidas, mas UEM assume a responsabilidade dos updates é a Google e… Durante 2 anos estão garantidos 😀

Comments are closed.