Todos estes processos foram testados por mim, mas é da sua inteira responsabilidade quaisquer danos que poderão ocorrer.

Para fazer ROOT existe vários processos, alguns deles bastante perigosos caso recorram a algum método via Odin e outros mais fáceis.

Em nenhum caso recomendo a instalação de custom software através do Odin, prefiro sempre pelo ClockworkMod ou pelo TWRP.

Se só tem interesse em fazer ROOT pode optar por um destes dois processos:

  1. Framaroot
  2. Instalação do Busybox

Framaroot

É actualmente um dos processos mais conhecidos e usados, porque realmente é extremamente simples.

Para isso, basta que visite o tópico oficial no XDA-Developers e fazer download do APK no fundo do primeiro post.

Passar o APK para o cartão SD e instalar como um aplicação normal.

Ao abrirem, vão ser presenteados com o seguinte ecrã.

Na primeira opção escolhem o Install SuperSU e em baixo, escolhem um dos exploits. Um deles irá funcionar para fazer root.

Download:

Instalação do Busybox

Bem, se o método anterior não funcionar ou não gostar, se calhar vai preferir este.

Este método também é bastante simples, não tem riscos significantes, é verdade que qualquer processo tem riscos, mas uns mais do que outros.

Para este processo precisamos de 2 ficheiros, o ClockworkMod temporário e o ZIP do Busybox. Há um terceiro que é um ficheiro ZIP para remover o ROOT (Busybox), caso pretenda fazer.

Relacionado:
Galaxy A7 (2017) poderá vir com câmara de selfies de 16 MP

Então para fazer ROOT por este processo, basta que coloque estes 2 ficheiros no cartão SD. Após isso, entrem no modo de recuperação stock (Stock Recovery Mode) através da combinação das teclas Power + Home + Volume para cima.

Uma vez no Recovery Mode, seleccionem a opção Apply update from sdcard, naveguem e seleccionem o ZIP correspondente ao ClockworkMod que fizeram download e instalem.

Neste momento já devem estar no ClockworkMod Recovery, agora, escolham Install zip from sdcard e escolham o ZIP correspondente à instalação do Busybox.

Assim que reiniciarem o equipamento, voltam a ter o modo de recuperação original.

Download: S2 Root

Este seguinte método serve para instalar o ROOT e o ClockworkMod permanente.

Philz Kernel

Este é o método que recomendo para quem quer ter ROOT e CWM permanente com a Stock ROM. Permanente porque para restaurarem para o stock, vão ter de flashar a stock ROM novamente.

É bastante simples, mas existem alguns parâmetros a ter em conta. Têm de ter em atenção à versão de compilação (Build Version) da Stock ROM que têm.

Por exemplo, têm a stock ROM XWMS1 Nordic Countries (NEE), têm de usar a versão correspondente a essa versão. Neste caso têm de usar esta PhilZ-cwm6-XWMS1-NEE-5.15.9.

Recomendo que usem a versão ZIP e não a versão MD5. A Versão MD5 é para flashar pelo Odin, poderão usar se usarem o Mobile Odin, caso contrário, usem a versão Recovery (ZIP).

Relacionado:
Google Pixel XL mostra a face como o futuro do Android

A instalação é bastante simples, é só passar o ZIP para o cartão SD, entrar em modo de recuperação, e na opção Apply update from sdcard, escolhem o ZIP do kernel e instalar.

Como referido, caso queiram voltar ao stock, terão de flashar novamente a Stock ROM pelo Odin.

Neste repositório vão encontrar sempre as versões mais recentes: [email protected].

Tópico do kernel: XDA-Developers

Atenção não flashem versões não correspondentes à versão da ROM que têm, caso contrário, vão receber um brick.