O tópico sobre segurança e privacidade de dados é cada vez mais discutido nas redes sociais, e o Facebook Messenger, já está a dar o primeiros passos para garantir a privacidade dos seus utilizadores.

No entanto, os utilizadores do Facebook Messenger terão que escolher: mais “segurança” ou melhor “inteligência artificial

Este sistema que o Facebook pretende implementar irá permitir aos seus utilizadores escolherem a opção de “activar” o sistema de encriptação, de modo a impedir que o próprio “Facebook” veja o conteúdo das mensagens e possíveis autoridades.

0B5CUt KUpXFUQ3FQSFZWY3RISkE Facebook Messenger adere às mensagens encriptadas image

No entanto este sistema irá entrar em conflito com a nova implementação do sistema de inteligência artificial do Facebook.

Lembram-se do caso que surgiu entre o FBI e a Apple, sobre a mesma negar em divulgar conteúdo encriptado do iPhone de um arguido?

Parece que apesar dessa disputa,  as empresas de telecomunicações estão preocupadas com a privacidade dos seus utilizadores, e não vão ser intimidadas por entidades de segurança.

No entanto o sector da tecnologia parece que está a entrar num “contra-senso”, porque cada vez mais vemos que os utilizadores querem privacidade, mas gostam de ter vários serviços integrados, o que requer que haja partilha de dados.

Na conferência de “developers” que ocorreu em Abril, o Facebook mostrou como quer trazer suas próprias características inteligentes para Messenger, já aqui faladas.

Isso inclui “bots”, que oferecem serviços simples e sensíveis, tais como a leitura de certas notícias de jornais ou fazer encomendas.

Relacionado:
Facebook Messenger e a partilha "Directa"

O problema é que este tipo de “aprendizagem” requer troca de mensagens dos utilizadores e outros dados de modo a serem encaminhados através dos servidores corporativos para que possam ser analisados e ter uma resposta apropriada, bem como informar sobre iterações futuras.

Security Breach Facebook Messenger adere às mensagens encriptadas image

E como é suposto para qualquer tipo de criptografia de alto nível funcionar todo o conteúdo entre o utilizador e o servidor terá que ser ocultado.

Por isso estamos curiosos de ver como é que o Facebook poderá lidar com este dilema.