A Google revelou recentemente que nem mesmo os melhores e mais poderosos dispositivos de hoje permitirão actualizações em segundo plano, esta limitação é explicada por ser necessária uma partição especial no dispositivo que neste momento não se encontra implementada em nenhum dispositivo, nem mesmo os “fresquissímos” Nexus 6P e 5X.

clay-bavor-daydream-google-vr.jpg

Para além desta má notícia, é também provável que nenhum dos actuais flagships esteja pronto para o Daydream VR.

Clay Bayvor,responsável pelo sector de Realidade Virtual da Google afirmou que os utilizadores interessados em ter um smartphone capaz de suportar as especificações do Daydream VR, só o poderão adquirir no final do ano. Isto leva-nos a crer que os primeiros equipamentos a disponibilizar este resurso poderão ser apenas os novos Nexus, já vimos também que a Huawei se encontra a trabalhar em conjunto com a Google para trazer o Daydream VR para os seus dispositivos.

Será o novo Nexus um Huawei?

 

Para ser possível executar o Daydream VR a Google exige que o dispositivo possua sensores de movimento altamente sensíveis, poderosos e bem calibrados, uma vez que estes são um dos maiores responsáveis por uma experiência de alta qualidade.

Outra das limitações que existem nas versões actuais de equipamentos de VR (como o Gear VR da Samsung), são os enjoos que afectam grande parte dos utilizadores, levando mesmo a que as aplicações e conteúdos sejam classificadas numa escala de “Confortável para poucos” até “Confortável para muitos”, para que este constragimento não se verifique é necessário que a resolução seja suficientemente alta e a taxa de actualização permita que o movimento seja suave e fluido, e ainda assim, manter o conteúdo tão nítido quanto possível.

Relacionado:
madeby.google : Tudo o que a Google hoje nos apresentou

 

Já experimentaram algum equipamento de realidade virtual? Este seria um ponto decisivo na vossa escolha de um novo equipamento?

FONTERoadtovr
PARTILHAR
Artigo anteriorOukitel K4000 [ Análise ]
Próximo artigoMisterioso Sony passa pelo GFX Bench
Fundador do Androidgeek.pt ,trabalho em TI há dez anos. O desafio de gestão de equipas com foco nas necessidades do mercado deu-me o background certo para abraçar vários projetos online, nos quais aproveito a minha experiência em duas das minhas paixões: Tecnologia e Escrever. Sou um profissional dedicado com vasta experiência em todas as áreas de Gestão de TI e Gestão de serviços na área de Tecnologias de Informação. Sou apaixonado por tecnologia, Android, Publicidade, Marketing Digital e posicionamento estratégico.