Um grupo de 74 estudantes de tecnologia provenientes de diversos países Europeus apresentaram o “Manifesto para a Europa Digital de Amanhã”. O Manifesto convida os decisores Europeus a criarem uma estrutura onde as tecnologias digitais podem contribuir para um futuro melhor para todos os Europeus.

O manifesto foi assinado durante um evento em Bruxelas que contou com a participação da eurodeputada Anneli Jäätteenmäki, Vice-Presidente do Parlamento Europeu e dos eurodeputados Ilhan Kyuchyuk e Ramona Mănescu. O grupo de estudantes foi formado através de um programa de formação internacional, o Seeds for the Future, organizado por uma das líderes mundiais em soluções de tecnologias de informação e comunicação, Huawei. Esta iniciativa de talento em Tecnologias de Informação e Comunicação premeia estudantes da área com a oportunidade de experienciar em primeira mão o mundo de inovação e desenvolvimento da Huawei através de uma viagem intercultural de conhecimento à sua sede na China.

0B5CUt KUpXFUcjhuekE1MGtyck0 Estudantes de Tecnologia apresentam Manifesto Digital a decisores da União Europeia image

Assente nesta experiência, e com a vontade de partilharem as suas perspetivas enquanto jovens que se estão a desenvolver na Europa, enquanto estudam tecnologia e experienciam transformações tecnológicas, os estudantes descrevem os seus sonhos por um futuro digitalizado mas, também, os seus receios inerentes às grandes transformações. O documento apela aos líderes da União Europeia para que tornem a visão dos estudantes de uma sociedade cada vez mais tecnológica realidade através de:

  • Maior conhecimento sobre oportunidades resultantes da transformação digital;
  • Maior investimento em competências interculturais e digitais;
  • Facilitação de mudanças internacionais;
  • Maior acesso à inclusão digital e às Tecnologias de Informação e Comunicação;
  • Construção de uma cadeia de infraestrutura digital para aumentar as necessidades de conectividade;
  • Criação de um ambiente online seguro e reforço da proteção de dados.
Relacionado:
Será um pássaro? Um avião? Não, é um Huawei Honor 8!

 

“Ao mesmo tempo que as tecnologias digitais nos oferecem um conjunto de novas oportunidades, temos, também, a responsabilidade de garantir às gerações mais jovens que tiramos o máximo partido das mesmas”, afirma o eurodeputado Ilhan Kyuchyuk. “O Manifesto hoje apresentado dá-nos uma primeira noção das suas necessidades e expectativas”.

“Enquanto líder em inovação e tecnologia, continuaremos a utilizar a nossa experiência e conhecimento para ajudar a nova geração, os nossos jovens, a terem mais oportunidades de desenvolvimento e de trabalho”, refere Ms Chen Lifang, Huawei Corporate Senior Vice-President e Diretora do Board, que acompanhou os estudantes nesta viagem a Bruxelas. “Por esta altura no ano passado, prometemos que durante os próximos cinco anos a Huawei iria enviar 2000 estudantes Europeus à China para receberem formação e terem um contacto real com a nossa sede. Hoje, queremos confirmar que este nosso compromisso se mantém”.

 

“O tempo que passei no programa da Huawei trouxe-me experiências inesquecíveis e indescritíveis”, afirma Ellen Le Bas, estudante da Universidade College Dublin, que viajou para a China no âmbito do programa Seeds for the Future em 2016. “Até à data nunca tinha pensado em viajar para tão longe de casa, mas este contacto com a cultura Chinesa deixou-me uma grande vontade de voltar. A Huawei dotou-nos de conhecimentos essenciais para procurar por novas oportunidades no oriente, e permitiu-nos construir novas relações que iremos continuar a nutri no futuro.”

Relacionado:
Análise Sony h.ear on Wireless NC

O programa integra atualmente 77 países em todo o mundo. Só na Europa, são 27 os países envolvidos à data, com 700 jovens a participarem no programa desde o seu lançamento Europeu em 2011. Em 2020, mais de 2500 estudantes Europeus terão já feito esta viagem. O compromisso é a contribuição da Huawei com o European Pact for Youth.

DEIXE UMA RESPOSTA