Foi no passado dia 18 que a Google apresentou na sua conferência anual I/O as suas novidades, entre as quais uma aplicação muito interessante chamada de Allo. Vemos agora o famoso Edward Snowden perito em segurança digital afirmar que a aplicação não é segura, pelo menos para já.

edward-snowden-google-allo.png

O que é o Allo?

Allo é uma nova aplicação que vem completar o assistente Google, para que o utilizador possa interagir com o equipamento directamente a partir do chat, seja individualmente ou com amigos. Pelo facto do assistente perceber o mundo do utilizador, o mesmo pode pedir a agenda das suas tarefas diárias ou as fotos da ultima viagem. Caso o utilizador esteja a planear um jantar com amigos, pode também pedir ao assistente que sugira alguns restaurantes das redondezas – tudo no mesmo chat.

Parece excelente, certo? No entanto na opinião de Snowden o facto de a Google ter desabilitado a encriptação desde a origem ao destino torna esta aplicação insegura, e vai mais longe ao aconselhar que não a utilizemos para já.

Ao contrário do WhatsApp, que adotou criptografia end-to-end , e do Telegram, que sempre ofereceu esse tipo de proteção, as mensagens trocadas no Allo só são mantidas de forma segura se o utilizador usar o Modo Anónimo.

Relacionado:
LG V20 oficialmente apresentado com Snapdragon 820 e Android Nougat

Uma vez ativado, este recurso não só aplica criptografia avançada para impedir que hackers leiam suas conversas, mas elimina todo o histórico uma vez que o chat termina.

Se existe o modo anónimo, porque não está definido como padrão?

O próprio engenheiro responsável pela segurança do Allo parece ter sido surpreso com esta opção da Google. Segundo Thai Duong, estava previsto que o Modo Anónimo fosse aplicado como padrão para todas as mensagens.

A pergunta do momento é: se o modo incognito com criptografia end-to-end e mensagens que desaparecem tão útil, por que não é o padrão no Allo? Meu desejo era que fosse o padrão (porque fui eu que criei haha), mas mesmo se não for o padrão, nem tudo está perdido.

Esperamos que quando a aplicação for disponibilizada para todos os utilizadores, exista uma forma fácil e intuitiva de activar este “modo anónimo” de forma a que as nossas conversas privadas, se mantenham assim mesmo: Privadas!