O Tor é cada vez mais usado pelas pessoas,  pois trata-se de um programa que permite navegar anonimamente em qualquer site, para aceder a páginas do Facebook.

Segundo um comunicado da rede social na passada sexta-feira (dia 22), pela primeira vez, mais de um milhão de pessoas utilizaram a rede Tor nos últimos 30 dias. Em Junho do ano passado, esse número era de sensivelmente 525 mil utilizadores.

Alec Muffett, engenheiro de software do Facebook, afirma que esse crescimento é praticamente linear. “As pessoas que escolhem comunicar-se através do Tor, fazem por uma variedade de razões relacionadas com a segurança e privacidade. É importante nós fornecermos métodos para as pessoas utilizarem os nossos serviços de forma segura – especialmente se eles não têm métodos fiáveis para fazer isso”.

facebook_2_pessoas.jpg

Acesso anónimo

O Tor (The Onior Router) distribui o tráfego de internet através de uma série de camadas criptografadas para disfarçar a sua origem. Assim é possível aceder aos serviços regulares anonimamente, quanto os chamados serviços ocultos que não podem ser encontrados através de um browser – estes costumam usar a extensão “.onion”.

Em 2014, o facebook começou a oferecer o seu próprio serviço .onion para o benefício dos utilizadores do Tor. Isto foi, em parte, para fornecer segurança adicional aos mesmos utilizadores, pois permite criptografia total do acesso, mas também porque a rede do Facebook confundia as pessoas que entravam através do Tor como possíveis hackers.

Relacionado:
Samsung poderá abandonar opção de ecrã plano no Galaxy S8

Desde então, a rede social também tornou possível usar a tecnologia de anonimato do Tor em conjunto com a aplicação do Facebook para Android, ajudando a reservar a extensão do domínio .onion para os serviços ocultos.

1 COMENTÁRIO

Comments are closed.