O carro da Google que conduz sozinho é um dos projetos mais aguardados da companhia tecnológica nos últimos anos. Depois de uma intensa fase de testes levada a cabo com o sistema composto por uma grande quantidade de automatismos robóticos, sistemas de comunicação e equipamentos de processamento instalado em automóveis de produção em série (como por exemplo Toyota Prius e alguns SUV da Lexus), o modelo construído de raiz pela Google, o Google Car, está pronto para enfrentar situações de trânsito real.

O protótipo do Google Car está a ser desenvolvido desde maio deste ano. Os planos da Google para arranque da fase de testes do automóvel com forma de ovo passam inicialmente por uma pista de testes oficial da empresa. A saída dos testes das condições de laboratório acontecerá já nos primeiros dias de 2015 com o Google Car a saír para as ruas da Califórnia onde as autoridades deram já todo o tipo de autorizações para o efeito.

O Google Car é um automóvel pioneiro e inovador com um sistema de condução autónoma instalado, ou seja, o controlo do veículo é assegurado por um sistema que dispensa o fator humano (nesta primeira bateria de testes terá um sistema manual caso seja necessário assumir o comando).

Já preparado para a estrada, o primeiro protótipo funcional do Google Car conta já com todos os equipamentos de segurança ativa e passiva, assim como faróis. Os sensores que suportam o sistema de condução em rede e de navegação passaram a estar integrados em componentes com design mais refinado. O carro que conduz sozinho da Google está preparado para ver e responder a situações de tráfego num alcance de praticamente 180 metros. A frota será em breve composta por uma centena de carros de teste com o programa de experiências da Google a prolongar-se em situações de circulação real por dois anos.

Relacionado:
Asus encontra-se a trabalhar num Chromebook ultra-poderoso

O novo automóvel de condução autónoma contará com o novo sistema operativo Android M totalmente desenvolvido para integração nos automóveis. Este será certamente o produto que a Google planeia para entrar na indústria automóvel de forma mais imediata. (saber mais aqui sobre a integração do Android nos automóveis)

Fonte: Google Self-Driving Car Project (Google+) e escrito em parceria com o site www.androidgeek.pt