BQ apresenta o novo Aquaris E5 HD Ubuntu Edition

A empresa tecnológica europeia lançou em fevereiro deste ano o primeiro smartphone do mundo com sistema operativo Ubuntu, o Aquaris E4.5 Ubuntu Edition.

ubuntu E5 aquaris BQ apresenta o novo Aquaris E5 HD Ubuntu Edition image

Este novo smartphone é o segundo projeto entre a Canonical e a BQ que já trabalham juntos num terceiro, um dispositivo convergente.

Lisboa, 2 de junho de 2015 – A BQ e a Canonical lançaram hoje o Aquaris E5 HD Ubuntu Edition que acontece após o êxito do anterior Aquaris E4.5 Ubuntu Edition, o primeiro smartphone do mundo com sistema operativo Ubuntu, que chegou ao mercado em fevereiro deste ano.

O novo modelo inclui agora um ecrã de cinco polegadas com tecnologia IPS HD, 720 x 1280 píxeis de resolução e um brilho máximo de 380 cd/m2. Dispõe de um processador MediaTek Quad Core Cortex A7 até 1.3 GHz, 16 GB de memória interna e 1 GB de RAM. A câmara frontal tem uma resolução de 5 Mpx. A traseira de 13 Mpx está equipada com lentes Largan de alta qualidade e sensores BSI. Além disso, dispõe de dual flash e gravação de vídeo em Full HD (1080p).

Como qualquer smartphone da BQ, o Aquaris E5 HD Ubuntu Edition é livre e Dual SIM, permitindo aos utilizadores escolher o seu operador preferido e ter dois cartões SIM de operadores diferentes.

O sucesso do Aquaris E4.5 Ubuntu Edition e o seu compromisso com este sistema operativo levaram a BQ a lançar o novo Aquaris E5 HD Ubuntu Edition. Segundo Alberto Méndez, CEO da BQ, “concebemos a colaboração BQ e Canonical como um projeto a longo prazo. O nosso próximo objetivo, no qual já estamos a trabalhar juntos, é a convergência. Acreditamos no Ubuntu e na filosofia que lhe está inerente”.

Relacionado:
Vivo X9 e X9 Plus oficialmente anunciados, com dupla câmara frontal

Cristian Parrino, vice-presidente de serviços móveis da Canonical, afirma que “para lançar um novo sistema operativo no mercado, precisamos de parceiros com os quais desafiar o status quo. A BQ é uma empresa inovadora, por isso nunca receou arriscar connosco. O resultado não podia ser melhor e o lançamento deste segundo dispositivo marca um ponto de viragem importante para ambos”.

“Trabalhar com a Canonical neste projeto tem sido muito gratificante. Partilhamos a mesma filosofia e o mesmo compromisso com o Open Source e o software livre. O objetivo da BQ é ajudar as pessoas a entender a tecnologia, estimulando-as a utilizá-la e inspirando-as a desenvolvê-la, porque é fundamental para nós a oportunidade de criação que oferece o Ubuntu”, frisa Alberto Méndez.

A partir de meados de junho, o terminal poderá ser comprado nos países da União Europeia, através da loja online da BQ, por um preço de 199,90€.