A Asus apresentou hoje oficialmente um novo integrante da linha ZenFone, o Zenfone Max.
Para vendas exclusivas na Índia, na verdade a Asus já tinha um smartphone com esse nome, e este foi assim batizado porque possui uma bateria gigante, de 5000mAh, que tem como intuito atrair os clientes que necessitam de estar longe da tomado por um longo período temporal.
As suas especificações técnicas são um pouco melhores do que aquele que foi anunciado em Agosto de 2015. O equipamento chega em duas versões:

  • Ecrã de 5,5 polegadas com a resolução HD (1280 x 720)
  • Qualcomm Snapdragon 615 – octa core de 64bits
  • Adreno 405
  • 2 GB ou 3 GB de RAM
  • 32 GB de memória para o armazenamento interno com possibilidade de expansão via cartão microSD
  • Câmara principal de 13MPx
  • Câmara frontal de 5MPx
  • Dual SIM
  • Bateria de 5000mAh
  • 4G / LTE
  • Android 6.0 Marshmallow com a Zen UI

[youtube_sc url=”https://www.youtube.com/watch?v=QJ_QFCASSTQ”]

Conforme podemos ver, ao invés do Snapdragon 410 da antiga versão, este vem com o Snapdragon 615, e ganha também uma versão com 3GB de RAM ao invés dos 2GB (exclusivos) da versão anterior.
Em relação aos preços o ZenFone Max de 2GB custará na Índia 9999 rupias e a versão de 3GB custará 12999 rupias, o que dá sensivelmente €132 e €172 ou R$530 e R$690, que é um preço muito em conta.

Relacionado:
Novo Alcatel SHINE LITE disponível em Portugal

Apesar de ter levado um upgrade de hardware, estranhamento a Asus não adicionou um sensor biométrico ao mesmo, quando esses mesmos sensores já são uma (boa) tendência.

Não temos informação se o ZenFone Max chegará oficialmente a algum outro mercado.