Android One chega a seis países Africanos

 

O Android One é um projecto da Google que tem como objectivo oferecer smartphones de baixo custo com o sistema operativo Android na sua forma “pura” para garantir uma melhor experiência de uso. Um ano após seu lançamento, a empresa de Mountain View está a levar o sistema para seis países africanos, o que vem contrariar os rumores das ultimas semanas, que informavam que a Google teria abandonado o projecto.

Inicialmente, o Android One foi lançado na Índia e de seguida chegou ao Paquistão, Filipinas e Indonésia. Até então, o continente africano não estava contemplado neste projecto da Google. No entanto, após uma parceria com a Infinix, a Google irá inserir o Android One em seis diferentes mercados no continente africano.

O novo Infinix Hot 2 executará a versão mais recente do Android, a Lollipop 5.1 na sua forma mais pura. Este será o primeiro smartphone com Android One da Infinix. Ele terá suporte a dois cartões SIM, processador MediaTek de quatro núcleos, rádio FM e armazenamento interno de 16 GB. Haverá duas versões, uma com 1GB de memória RAM nas cores preta, branca, azul e vermelha, e outra na cor dourada com 2 GB de memória RAM.

O Hot 2 estará disponível de imediato nas lojas de Nigéria, Gana, Costa do Marfim, Egipto, Quénia e Marrocos.

O Google também lançará o recurso offline do YouTube na Nigéria, Quénia, Gana e Egipto até o final deste ano. Sendo assim, os utilizadores poderão realizar download de vídeos da plataforma para seu dispositivo para ver dentro de 48 horas. Tal recurso é bem semelhante ao que já existe na aplicação móvel do YouTube na Índia.

Relacionado:
Como saber se um Galaxy Note 7 é seguro ou "explosivo"

Apesar de ignorar um grande número de países em África, o lançamento do Android One em apenas seis países é suficiente para abordar quase um terço da população total do continente. Caso as vendas correspondam ás expectativas da Google, é possível que a empresa amplie a disponibilidade do sistema para outros países africanos.

FONTE